Eu, um sujeito simpático dissimulado (confesso) bonito (bem... minha mãe sempre me disse isto...) e... bem humorado (meio sarcástico, pra dizer a verdade...) Defeitos? Um monte... Sou capaz de fazer piada de mim mesmo... Qualidades? Um monte... (ao quadrado) A principal: Eu me amo (ou porque você acha que dei este nome ao blog?) Objetivo deste blog... Trocar idéias sobre os mais diferentes e inusitados temas, passando por literatura, mídia, informática, comportamento, ... e por aí vai...

Wednesday, June 14, 2006

Desenholândia (Os Cavaleiros do Zodíaco)

Sessão dedicada aos desenhófilos de plantão...

Os Cavaleiros do Zodíaco



1994. O final de tarde na frente da televisão era sagrado! Corria para ligar na Tv Machete e assistir os Cavaleiros. Não perdia um episódio, comprava os mais variados álbuns de figurinhas, sempre usava a camiseta com o Seiya estampado nela, enchia o saco de minha mãe para comprar todo o tipo de buginganga deles (o meu preferido era o bonequinho com armaduras removíveis...)... O tempo passou... A Tv Manchete se foi... Pokemons e Digimons chegaram e se foram... Mas a paixão por esse desenhinho japonês continua...



Cavaleiros do Zodíaco
(Tema de abertura - Tv Manchete)

Tem sempre alguém no cosmo ajudando o cavaleiro a vencer.
E só o vencedor pode vestir sua armadura de ouro.
Eu sei que esse torneio vai fazer nosso universo tremer.
Guerreiros são guerreiros nas estrelas é que está seu tesouro.

É nas constelações que a luta vai começar.
Aqui o bem e o mal até um deles ganhar.
Silêncio nas estrelas, um grito ecoando no ar:
Seiya, Shiryu, Shun.

Pégasus, ajuda o teu cavaleiro.
Gelo, dragão e os guerreiros.
Cavaleiros do zodíaco.

Fênix, guia pro bem seu guerreiro.
Andrômeda e o seu cavaleiro.
Cavaleiros do zodíaco.

Na terra eles são bravos, nas estrelas é que está seu poder.
São cinco cavaleiros combatendo sempre as forças do mal.
Valentes, destemidos, nessa luta eles só pensam em vencer.
São magos das estrelas, eles são os cavaleiros do astral.

É nas constelações que a luta vai começar.
Aqui o bem e o mal até um deles ganhar.
Silêncio nas estrelas, um grito ecoando no ar:
Ikki, Cisne.

Pégasus, ajuda o teu cavaleiro.
Gelo, dragão e os guerreiros.
Cavaleiros do zodíaco.

Fênix, guia pro bem seu guerreiro.
Andrômeda e o seu cavaleiro.
Cavaleiros do zodíaco.

Pégasus, ajuda o teu cavaleiro.
Gelo, dragão e os guerreiros.
Cavaleiros do zodíaco.

Fênix, guia pro bem seu guerreiro.
Andrômeda e o seu cavaleiro.
Cavaleiros do zodíaco.

Pégasus, ajuda o teu cavaleiro.
Gelo, dragão e os guerreiros.
Cavaleiros do zodíaco.

Veja a abertura

Pegasus Fantasy
(tema de abertura - Band)

Faça elevar o cosmo do seu coração
Todo o mal combater
Dispertar o poder
Sua constelação sempre irá te proteger
Supera a dor e dar forças para lutar

Pegasus Fantasy
Sonhos a realizar
Pois as asas de um coração sonhador
Ninguém irá roubar

Saint Seiya Guerreiro das estrelas
Saint Seiya Nada a temer
Saint Seiya Unidos por sua força
Saint Seiya Pégasus até vencer


Abertura (Inglês)


Abertura (Espanhol)

Saint Seiya (Santo Seiya), também conhecido como Os Cavaleiros do Zodíaco, é um anime e uma série de mangá sobre um grupo de cinco guerreiros místicos chamados de 'Santos' (ou 'Cavaleiros'), sendo cada qual guiado pelo poder de uma constelação.



Cinco guerreiros tem a missão de proteger Saori Kido, uma garota que é a reencarnação da deusa Atena (deusa da guerra justa e da sabedoria), e lutar contra as forças do mal, num ambiente cheio de mitologias. A série exibida na TV é uma adaptação do mangá de mesmo nome criado por Masami Kurumada. A primeira exibição ao público foi feita pela Toei Animation no Japão na TV Asahi, no dia 11 de outubro de 1986.

No Japão...



Tudo começou no ano de 1986 quando o autor, Masami Kurumada, iniciou a série originalmente chamada SAINT SEIYA. A primeira aparição aconteceu nas páginas do mangá SHONEN JUMP (uma espécie de revista semanal publicada pela SHUEISHA). Cada mangá tinha aproximadamente 400 páginas, com diversas histórias (a maioria era em preto e branco) e as histórias foram publicadas até o ano de 1991 (cerca de 49 mangás).



No Japão existem duas regras quando um mangá faz sucesso: lançar uma compilação completa (tankohon), com apenas a série em questão e lançá-la em anime (desenho animado japonês). SAINT SEIYA rendeu 28 volumes com cerca de 200 páginas cada mangá. Com o passar do tempo novas recompilações foram sendo lançadas, chegando até uma edição de luxo para colecionadores. O mangá foi dividido em sagas, de acordo com a história:

Santuário
Blue Warriors (história solo do personagem Hyoga de Cisne)
Poseidon
Hades

O sucesso foi tão grande que no mesmo ano de sua criação, SAINT SEIYA começou a ser produzido em anime. A empresa responsável pela produção foi a TOEI ANIMATION e o primeiro episódio foi ao ar no dia 11 de Outubro de 1986, pela TV japonesa ASAHI (todos os sábados às 19h). O série de TV teve 114 episódios e foi dividida nas sagas:

Santuário (episódio 1 ao 73)
Asgard (episódio 74 ao 99)
Poseidon (episódio 100 ao 114)

O grande detalhe da produção do anime foi que a TOEI ANIMATION foi obrigada a aumentar a história, inventando novos personagens, prolongando certas lutas e até mesmo criando uma nova saga. Tudo isso devido ao fato de que quando o anime começou a ser produzido o mangá não estava finalizado ainda.

O último episódio foi exibido no dia 1 de Abril de 1989, iniciando meses depois uma reprise completa.

O sucesso gerou também 3 curtas metragens e 1 longa metragem.

Infelizmente a saga de Hades (considerada pelos fãs, a melhor saga dos Cavaleiros do Zodíaco) não foi produzida em anime. Na ocasião Masami Kurumada havia tido problemas com a TOEI ANIMATION e não liberou a produção de Hades. Fãs do mundo inteiro ficaram decepcionados e tentaram realizar campanhas mas sem sucesso.

Em 2001, um desenhista francês chamado Jérôme Alquié produziu dois trailers da saga de HADES (baseado na história do mangá). O trailer foi exibido no evento de TOULON na França em 2001 e a TOEI ANIMATION estava lá para conferir. O sucesso foi inevitável e os trailers espalharam-se rapidamente pela Internet.

A TOEI nunca pronunciou-se oficialmente sobre o assunto, porém em Novembro de 2002 ela finalmente lançou o primeiro OVA (Original Video Animation = episódio feito diretamente para vídeo/dvd, não sendo exibido como uma série de TV) da Saga de Hades. Todos pensavam que Jêróme Alquié faria parte do STAFF, porém isso não aconteceu. Até hoje ninguém sabe a real influência que o francês teve sobre a TOEI mas para os fãs ele é considerado um herói.



À partir de 2002, o Japão redescobriu SAINT SEIYA. Para HADES foram produzidos 13 OVAs, referentes a toda fase Santuário de HADES (lembrando que HADES é dividido nas fases Santuário, Inferno e Elísios). Centenas de produtos começaram a ser lançados novamente e um novo mangá (Episódio G) começou a ser produzido.



O Episódio G conta com o roteiro de Masami Kurumada mas o traço agora é de Megumu Okada, o que despertou desinteresse dos antigos fãs (traço muito diferente).

A série Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya) promete ainda muitas novidades. O futuro volta a ser incerto e novas produções estão por vir. No mês de Fevereiro de 2004 um novo longa metragem, entitulado TENKAI HEN - OVERTURE (Prólogo do Céu - Abertura) foi lançado no Japão. Com isso os fãs acreditam que a tão sonhada saga de ZEUS poderá ser produzida algum dia.

No Brasil...



Os Cavaleiros do Zodíaco chegaram ao Brasil em 1994. No dia 1º de Setembro era exibido, na extinta REDE MANCHETE, o primeiro episódio da série. O sucesso veio de imediato e naturalmente (sem muita divulgação). O desenho começou a ser exibido em dois horários: às 10h30min dentro do programa infantil Dudalegria e às 18h30min dentro de outro programa infantil Clube da Criança. A Manchete ficou marcada pela constante reprise dos episódios (sempre que chegava no episódio 52 a série começava a ser reprisada desde o início). Os Cavaleiros do Zodíaco ficaram no ar até 1997, batendo recordes de audiência. Neste tempo muitos produtos foramlançados, podendo destacar: álbuns, cd e lp musical (chegou a ganhar até disco de ouro), mochilas, estojos, etc.

Uma grande febre de bonecos (ACTION FIGURES) começou a se formar. Cerca de 900.000 bonecos foram vendidos nos 3 anos em que a série esteve no BRASIL. Além disso o longa metragem de ABEL foi exibido nos cinemas e teve grande público.

Assim que a série parou de ser exibida, as emissoras de TV viram que poderia ser uma boa investir em desenhos animados japoneses. Começaram a aparecer muitos outros animes mas nenhum conseguiu cativar tanto público quanto Os Cavaleiros do Zodíaco.

Em 2001, a CONRAD EDITORA adquiriu os direitos para lançar o mangá. Com veinculação mensal, o mangá nacional teve 48 edições.

Após exatamente 9 anos de exibição da série no BRASIL, Os Cavaleiros do Zodíaco voltavam no histórico dia 1 de Setembro de 2003 (o dia 1 de Setembro tem um valor muito especial para os fãs pois as duas estréias no BRASIL foram exatamente nesta data) no canal fechado CARTOON NETWORK mas desta vez redublado nos estúdios da ÁLAMO (a dublagem antiga havia sido feita na extinta GOTA MÁGICA). Para comemorar o lançamento da série, foi produzido um evento temático chamado CAVALEIROS ANIME SHOW. O evento recebeu um público superior a 4.000 pessoas em dois dias e contou com total apoio da empresa licenciadora IMAGINE ACTION.

Um fato importante é que desta vez os fãs tiveram a chance de participar e ajudar em vários momentos. No NATAL de 2003, 40.000 bonecos foram vendidos em menos de 2 semanas e em 2004, a REDE BANDEIRANTES começou a exibir o anime. A previsão é que Os Cavaleiros do Zodíaco fiquem no BRASIL até 2007/2008.



Nos Estados Unidos...



Os Cavaleiros do Zodíaco não fizeram sucesso algum em sua primeira aparição nos EUA. Somente em 2003, agora com o nome Knights of the Zodiac que a série começou a ganhar fãs do continente norte-americano.

A empresa responsável pelo licenciamento foi a DIC Entertainment. A série sofreu muitos cortes e enormes alterações na trilha sonora e na história, o que decepcionou muitos fãs. A saída foi lançar DVDs (caixas) na íntegra (sem cortes e alterações). Alguns produtos começaram a ser lançados junto com o mercado japonês com isso é crescente o número de fãs que estão se formando nos EUA.

No Canadá...

Seguiu o caminho dos EUA. Tudo que foi feito e lançado nos EUA chegou na mesma hora no Canadá.

Na Espanha...



"Los Caballeros del Zodiaco" - A série foi transmitida na Espanha pela "TV2" e depois pela "Tele 5" que mostrou todos os episódios entre 1990 - 1992. A série espanhola também teve sua vez no México (TV Azteca), Peru, Panama, Costa Rica, El Salvador, Colômbia, Chile e Argentina. "Tele 5" também transmitiu o longa-metragem de Abel. "Planeta de Agostini" publicou os mangás.

Na França...

"Les Chevaliers du Zodiaque" - Foi transmitida entre 1988/1991 e foi parcialmente censurado pela "Manga Land". Os 4 filmes foram editados pela "Manga Power" com os seguintes nomes: "Les guerriers d'Abel", "La légende de la pomme d'or", "La guerre des dieux", "Le dieu des enfers". O mangá também foi publicado.

Na Itália...

"I Cavalieri dello Zodiaco" - A série foi transmitida pela "Odeon TV" (episódios 1-52) em 1990 e pela "ITALIA7" (episódios 53-114)e mais tarde pela "JTV" (toda a série). Os mangás foram publicados pela "Granata Press", toda a série.

Outras paises...

Ásia - A série foi também transmitida em Hong Kong (1990-92), Thailândia (1990), Taiwan (1991), Indonésia (1988-90). As fitas também foram distribuídas na Malásia e em Brunei.


Dados sobre a série

A série completa do anime consiste de 114 episódios, podendo ser dividida assim:

A Guerra Galáctica: o campeonato entre os Cavaleiros de Bronze pela Armadura de Ouro de Sagitário promovida pela Fundação Graad; e a subseqüente busca pelas peças da Armadura de Sagitário, roubadas por Ikki de Fênix e os Cavaleiros Negros. - Composta por 40 Episódios



A guerra do Santuário: quando o confronto passa a ser diretamente contra os Cavaleiros de Bronze e os Cavaleiros de Ouro. - Composta por 33 Episódios



A saga de Asgard: a batalha entre os Cavaleiros de Atena e os Guerreiros Deuses de Odin, manipulados por Poseidon, somente em anime. Composta por 26 Episódios



A saga de Poseidon: a verdadeira batalha contra o deus dos mares e seus Generais Marinas. Composta por 15 Episódios



Após a conclusão do anime, foram lançadas duas sagas, ambas incompletas:

A saga de Hades, capítulo do Santuário, composta por 13 OVAs.



A saga de Hades, capítulo do Inferno, composta inicialmente por 6 OVAs



A saga do Céu, iniciada com o último filme dos Cavaleiros (O Prólogo do Céu - A Abertura(Tenkai-Hen Joshô-Overture)), o útimo filme dos cavaleiros que etreiará no 2° semestre de 2006 nos cinemas brasileiros.

No mangá, a história consiste de 28 comic books.

Os primeiros 13 episódios da TV contando a saga de Hades foram lançados em novembro de 2002, antes disso a saga podia ser acompanhada apenas no mangá. Também foram feitos quatro filmes especiais que não fazem parte diretamente da cronologia da série, apesar de levarem em conta os acontecimentos da ordem cronológica original. Porém estas histórias não foram criadas pelo criador da série Masami Kurumada e portanto não agradou muitas pessoas, príncipalmente por causa de personagens desvalorizados.

No ano de 2004, foi lançado um quinto filme chamado O Prólogo do Céu-A Abertura(Tenkai-hen Overture), que supostamente seria um capítulo estendido situado logo após o fim da saga de Hades, dando início a uma nova saga, que desta vez teve boa aceitação do público.

A saga de Asgard existe apenas na TV, não tendo correspondente no mangá, apenas uma curta história solo de Hyoga passada na Sibéria e envolvendo os Blue Warriors.

Em 2002 foram lançados dois livros contendo uma novela denominada "Gigantomaquia" (Gigantomachia). A história trata do retorno dos Gigas (ou Gigantes), guerreiros portadores das "Adamas", armaduras com a dureza de diamante e simbolizando pedras preciosas e semipreciosas. Eles atacam o Santuário com o objetivo de seqüestrar a jovem amazona de Bronze, Yuuri de Sextante. Junto com o mestre Nicol de Altar, um Cavaleiro de Prata, Seiya e seus amigos tentam libertar a jovem, mas acabam caindo em uma armadilha. Durante a história surge Mei, filho legítimo de Mitsumasa Kido e discípulo do Cavaleiro de Ouro Máscara-da-Morte de Câncer. Mei possui a sagrada Armadura de Cabeleira de Berenice, que segundo diz a lenda não pertence a nenhuma classificação das armaduras do Santuário. Com essa misteriosa Armadura, Mei tem em suas mãos o poder de deter o deus dos Gigas, Tífon (ou Typhon).

Recentemente está sendo publicado o Episódio G, uma saga protagonizada pelo pequeno Aiolia de Leão, onde é contada as primeiras aventuras dos Cavaleiros de Ouro contra os poderosos Titãs, aliados aos Gigas, com a finalidade de libertar o temível Crono. A história se encaixa depois da morte de Aiolos e antes da Saga do Santuário, onde é revelado toda a angustia de Aiolia por achar que seu irmão fosse um traidor.



Diferenças entre o Anime e o Mangá

Hierarquia das Armaduras
No mangá, o modelo das Armaduras é muito bem estruturado. As Armaduras de Bronze, são frageis e praticamente não protegem o corpo. Possuem peitoral (pequeno), joelheira, braços, cinturão e tiaras. As Armaduras de Prata possuem proteções mais longas nas pernas e nos braços, mas ainda apresentam cinturão e tiara. As Armaduras de Ouro são as mais completas, possuindo proteção por todo o corpo e apenas elas possuem elmos e saiotes. Justamente por isto é visivel a evolução gradual das Armaduras de Bronze a cada vez que elas são consertadas.

No anime, desde o inicio as Armaduras de Bronze são mostradas bem completas, principalmente pela presença do elmo e do saiotes.
Guerras Galáticas

No mangá, Hyoga de Cisne havia recebido uma mensagem do Santuário, onde o Grande Mestre (saga) dizia para eliminar todos os cavaleiros de bronze do torneio, com o pretexto de que os cavaleiros não deviam lutar por interesses próprios. Mas chegando lá, ele desiste dessa tarefa, pois acaba fazendo amizade com Seiya e os outros.
História de Ikki

No mangá, Esmeralda, a "namorada" de Ikki não é filha de Guilty, mas sim escrava de moradores da Ilha da Rainha da Morte.



Ikki só recebe a Armadura de Fênix após derrotar Jango e o toda a corja dos Cavaleiros Negros (incluindo Pégaso Negro e cia). No Anime o combate entre Jango e Ikki acontece bem mais tarde.

Luta dos Cavaleiros de Bronze contra os Cavaleiros Negros

Dragão Negro possui um irmão gêmeo, eles lutam juntos contra Shiryu.
Cisne Negro envia seu olho ao invés do avatar do seu elmo.
Cavaleiros Criados

Mestre Cristal, Dócrates, Jisty e seus Cavaleiros Fantasmas, Spartan, os Cavaleiros de Aço, Aracne de Tarântula, Ohko, Shiva de Pavão, Ágora de Lótus, Leda e Spica são personagens criados só para o anime. Eles não existem no Mangá. O Mestre de Hyoga no mangá é Camus de Aquário. Além disso, o nome do mestre de Shun é Dédalo (ou Daidaros) e não Albiore, apesar de ambos serem o Cavaleiro de Prata de Cefeu.
Cavaleiros de Prata

No mangá não existe transição entre os Cavaleiros Negros e os de Prata, vindo estes logo em seqüência. São eles, e não Dócrates, quem rouba a Armadura de Ouro de Sagitário durante a luta no Monte Fuji. Mu de Áries engana os Cavaleiros de Prata, fazendo com que confundam os Cavaleiros Negros com os de Bronze, assim eles se dão por satisfeito com a morte dos Cavaleiros Negros. Misty percebe a farsa e ataca Seiya (o único dos Cavaleiros de Bronze que realmente havia sido enterrado).
Cavaleiros de Aço



Foram criados exclusivamente para o anime. Por exigência de Masami Kurumada, foram retirados da série após alguns episódios.

Shun vs June de Camaleão

No mangá, Shun é atacado por June, que pede para que ele não enfrente o Santuário. Mais tarde, ao perceber sua determinação, ela se entrega a ele (numa cena final de beijo). No anime, a luta entre os dois é interrompiada pelo aparecimento de Leda e S .

Doze Casas



No anime, enquanto Seiya enfrentava Aiolia na casa de leão, Jaki, um irmão de Cássius aparece e luta com Marin. No mangá esta cena não acontece.
No mangá, Shaka de Virgem é enviado para destruir a Ilha da Rainha da Morte, mas ao chegar descobre que Ikki já o fez. Ikki tenta enfrentá-lo, mas Shaka o derrota e apaga sua memória (que só volta quando Ikki se depara com Shaka na Casa de Virgem), enquanto no anime isso não acontece. Além disso, Shaka não possui discípulos (Ágora e Shiva que aparecem no Anime).

No anime, dentro da Casa de Sagitário, os Cavaleiros passam por um pequeno desafio. No mangá, apenas encontram o testamento de Aioros.

No anime, o cavaleiro de Capricórnio usa um elmo. No mangá, e nos OVAs de Hades Santuário, ele utiliza uma tiara.



Trama de Saga

No mangá, logo após seu plano ser frustrado por Aioros, ele volta-se contra Shion e o assassina, passando-se por ele como o Mestre. O faz para, como o Mestre do Santuário, ter acesso à Câmara onde Atena estaria, para assassiná-la enquanto bebê. Suas eventuais alternâncias de postura entre tirano e bondoso ao longo dos próximos 13 anos seriam explicadas por sua dupla personalidade, ora tomada pelo lado negro, ora pelo lado bom, característica essa que seu irmão gêmeo Canon já previra.

Contudo, o mangá não se preocupa em elucidar como a figura de "Mestre" assumida por Saga é aceita por todos no Santuário, visto que suas práticas e atitudes enquanto Mestre nada lembravam a de Shion de Áries.

Saga de Asgard

Foi criada exclusivamente para o anime, afim de atrasá-lo, já que esse estava começando a alcançar o mangá.

No mangá existe o pequeno capítulo "Do Cvidanja", em que Hyoga luta contra os guerreiros do Ártico chamado dos Blue Warriors.

Saga de Poseidon

Como não existe a Saga de Asgard no mangá, o início da Saga de Poseidon é completamente diferente. Na noite em que conhece Julian Solo, Saori é raptada de seu quarto, mas é salva por Aiolia.

Tetis viaja ao Oriente junto com alguns guerreiros e seqüestram novamente Saori. Seiya chega e os derrota, mas Tetis escapa levando Saori consigo. Seiya e seus amigos ficam hospitalizados. Aldebaran chega para proteger Saori, mas Sorento chega e o enfrenta com sua sinfonia deixando seu cosmo em 1%, mas mesmo assim ele consegue sobreviver.

Tetis viaja aos Cinco Picos Antigos para enfrentar o Mestre Ancião e os Cavaleiros de Ouro, mas os quatro Cavaleiros de Bronze principais aparecem. Tetis escapa, mas os Cavaleiros de Bronze, juntos a Kiki, perseguem-na até o Santuário Submarino.
No mangá, no final da Saga, Kanon entra na frente do Tridente de Poseidon, que fora lançado contra Saori. No anime, quem entra na frente do Tridente é Seiya.
No anime, Shiryu e Hyoga recuperam a visão que haviam perdido, Hyoga perde a visão de um olho na luta contra Isaak e Shiryu perde a dos dois olhos contra Krishna. No mangá não recuperam. Os OVAs da Saga de Hades se mostram baseados no mangá e não no anime, justamente por esse detalhe.

Saga de Hades

No mangá, Hades só ressuscita Shion e os Cavaleiros de Ouro mortos na batalha das Doze Casas. Já no anime, ele ressuscita Shion, os Cavaleiros de Ouro mortos na batalha das Doze Casas e os Cavaleiros de Prata mortos na luta contra os de Bronze.
Durante o duelo de Atenas Exclamation na Casa de Virgem, no mangá apenas Shiryu participa. O golpe não é lançado para cima, mas sim rebatido contra Saga, Camus e Shura.

No fim da fase Santuário, no anime, Valentine e os outros Espectros não aparecem como no mangá. Seiya e os outros lutam apenas contra Radamanthys, e Seiya cai junto com ele no buraco do Mundo dos Mortos, onde no mangá Seiya cai com Valentine.
Na fase inferno, no Anime, há uma cena em que o cavaleiro de prata de Lira, Orfeu,toca para os cavaleiros de ouro, sob os olhares destes e de Shion (mestre do santuário). Não há essa cena no mangá. Alguns afirmam que essa cena é malfeita, com falha de cronologia .

Os Cavaleiros de Atenas

Características

A vontade de Atena é prosperar a paz universal, sendo ela a única deusa que acredita no amor dos humanos. Os seus cavaleiros devem seguir essa vontade.

Cada Cavaleiro representa uma das 88 constelações (ou 84 – leia sobre essa contradição no artigo Contagem Geral das Armaduras de Atena).

Cada Cavaleiro possui distribuido por seu corpo pontos vitais de número e disposição de acordo com as estrelas de sua respectiva constelação; representam seus principais pontos-fracos. Ainda assim, um golpe certeiro em seu coração costuma ser fatal.

Devem lutar com as mãos livres, fora algumas Armaduras que já possuem certas armas-brancas embutidas, ou as concedidas pelo Cavaleiro de Libra.

O Cavaleiro deve sempre lutar em nome de Atena em prol da justiça. Caso traia esse princípio sua Armadura o abandonará.

Geralmente inicia o treinamento ainda criança, sofrendo enormes provações para receber sua Armadura. Costumam ser crianças orfãs, possuindo ao máximo algum irmão ou irmã.

O treinamento é geralmente feito por um Cavaleiro de hierarquia superior.

A hierarquia estabelecida em Cavaleiros de Ouro, Prata e Bronze é definida basicamente pela capacidade do Cavaleiro elevar sua cosmo-energia. Um requisito básico para elevar o cosmo ao nível dos Cavaleiros de Ouro é alcançar o Sétimo Sentido, que seria a percepção cósmica de canalizar e dominar a energia que permeia toda a matéria (chamada cosmo-energia). Uma forma básica para elevar sua cosmo-energia é desenhar com as mãos o traço de sua constelação à medida em que se concentra. Os Cavaleiros de Ouro atingem a velocidade da Luz, enquanto os de Bronze apenas alcançam a do Som.

O Cavaleiro deve obediência primeiramente a Atena, seguida pelo Mestre do Santuário, o Oficiante do Santuário, enquanto este estiver substituindo o Mestre do Santuário, os Cavaleiros de Ouro e por último seu respectivo mestre.

Um Cavaleiro sozinho não é capaz de matar um deus: quando muito, consegue selar seu espírito com o auxílio de algum artefato divino.

A forma tradicional de sepultar um Cavaleiro é enterrá-lo e marcar o local de sua cova com uma cruz simples, geralmente gravada apenas com o pré-nome do Cavaleiro.

As mulheres guerreiras do Santuário, chamadas Amazonas, devem vestir uma máscara que faz parte de sua Armadura. Caso um homem veja seu rosto, ela deve matá-lo ou amá-lo.
Uma armadura muda sua forma dependendo do sexo de seu cavaleiro. Ao ser uma amazona por exemplo, a armadura poderá criar volume para os seios (ou perder esse volume no caso de um homem).

Apesar disso, existe armaduras melhor indicadas para mulheres, como a de Ofiúco (Cobra), Virgem e Andromeda. (ambas ja possuem máscaras na armadura)
Geralmente, um pretendente a Cavaleiro que não consiga adquirir sua Armadura ao final do treinamento torna-se ou um soldado raso do Santuário de Atena, ou um renegado que passa a vagar pelo mundo. Caso não esteja apto ao treinamento, morre.

Cavaleiros de Bronze

Os Protagonistas

Seiya (Cavaleiro de Pégaso)

País de origem: Japão

Ataques: Pegasus Ryu Sei Ken (Meteoro de Pégaso), Pegasus Sui Sei Ken (Cometa de Pégaso) e Pegasus Rolling Crash (Turbilhão de Pégaso).



Temperamental e meio moleque, Seiya é o personagem principal da série. Na maioria dos aspectos, ele é um típico herói do tipo Shonen, no sentido que ele é determinado a arriscar a sua vida por aquilo que ele acredita. É um cavaleiro cheio de esperanças. De personalidade não muito complexa, ele tem uma irmã chamada Seika, que se separa dele quando Seiya é levado para treinar na Grécia. No Santuário, Seiya treina sob as ordens de Marin (Amazona de Prata de Águia), mas só descobre que Marin é uma Amazona durante as batalhas entre os Cavaleiros de Bronze e os de Prata. Seu golpe de meteoros é muito eficáz.



Seiya é adotado pela Fundação Graad ainda criança e enviado para a Grécia para ser treinado como Cavaleiro. Depois de suportar o duro treinamento, ele aceita participar da Guerra Galáctica sob a condição de a fundação encontrar Seika, a sua irmã desaparecida. Entretanto, depois de perceber que o perigo arronda o Santuário, desperta para sua missão como Cavaleiro de Atena. Seu espírito indestrutível diante das crises já fez acontecer vários milagres, inclusive influenciando as pessoas ao seu redor. Vários milagres acontecem quando seu Cosmo atinge o limite máximo. Um desses milagres é vestir a Armadura de Ouro, mesmo sendo apenas um cavaleiro de bronze.



É habil em golpear o adversário com sucessivos socos, aproveitando a grande agilidade que tem. De vez em quando, utiliza técnicas de lançamento do adversário, mas seu ponto forte mesmo é a garra de lutar, batendo destemidamente de frente com o inimigo.


Shiryu (Cavaleiro de Dragão)

País de origem: Japão

Ataques: Rozan Sho Ryuu Ha (Cólera do Dragão), Rozan Hyaku Ryuu Ha (Cólera dos 100 Dragões), Rozan Ryuu Hi Sho (Dragão Voador), Rozan Kou Ryuu Ha (Último Dragão) e Excalibur.



Shiryu pode ser considerado o mais contemplativo e menos impulsivo dos jovens Cavaleiros de Bronze. Ele normalmente pensa antes de partir para o ataque, apesar de ter um dos mais grandes poderes. Ele treinou nos Cinco Picos de Rozan na China, sob a orientação de Dohko, o mestre ancião e Cavaleiro de Ouro de Libra (Shiryu só descobre que seu mestre é o Cavaleiro de Libra durante a saga do Santuário). Seu poder é muito grande, e ele não tem medo de usá-lo para ajudar os outros. A sua relação com Shunrei (uma órfã adotada por Dohko) não é muito clara, sem definição exata entre amor e amizade. Ao desenrolar da história, Shiryu acabou herdando a espada Excalibur de Shura, e depois a invencível Cólera dos 100 Dragões de Dohko.



Cavaleiro de Bronze que teve seu treinamento realizado nos Cinco Picos de Rozan na China. De personalidade séria, não teme dar a sua vida por uma justa causa.

Muitas vezes coloca sua vida em risco durante as batalhas, conseguindo, assim, elevar seu Cosmo a ponto de superar inimigos muito mais poderosos do que ele. Perdeu sua visão duas vezes: uma durante a luta contra Algol e outra contra Krishna, mas milagrosamente a recuperou. No Mundo dos Mortos, lutou ao lado de Hyoga.

Quando o cosmo de Shiryu atingir o limite, ele exibe nas costas uma imagem de um Dragão, que chega a lembrar um tipo de tatugagem.


Armadura divina

Por ele sempre se envolver em lutas que superam os seus limites, não é raro vermos Shiryu gravemente ferido, perdendo a visão ou tendo grandes hemorragias. Seu Cosmo amplia-se cada vez mais graças a essas situações, tornando-o capaz de derrotar poderosos inimigos.O cavaleiro que possui o punho e o escudo mais poderoso.


Hyoga (Cavaleiro de Cisne)

País de origem: Rússia

Ataques: Diamond Dust (Pó de Diamante), Aurora Thunder Attack (Trovão Aurora Ataque; Obs: Aparece apenas no Anime), Aurora Execution (Execução Aurora), Kholodny Smerch (Obs: Aparece apenas no Manga) e Kalitso (Círculo de Gelo).



Diferentemente dos outros Cavaleiros de Bronze, Hyoga é o único da série que viveu os primeiros anos junto com a mãe, Natássia (há indícios que pelo menos Ikki também conheceu seus pais, apesar deles nunca serem citados). A mãe de Hyoga decide morrer junto com o navio onde eles estavam, deixando o filho se salvar num barco salva vidas. Com sorte, Hyoga é destinado a treinar na Sibéria, no mesmo local onde o navio com sua mãe afundou. Lá ele treina sob as ordens de Camus de Aquário. No anime, seu mestre é o Cavaleiro de Prata Cristal de Coroa Boreal, discípulo de Camus. Inicialmente o objetivo de Hyoga era ter forças suficientes para mergulhar no mar gelado e recuperar o corpo da sua mãe, inclusive sendo muito criticado pelo seu companheiro de treinamento, Isaak. Mas depois de um incidente o qual custou para Isaak (que posteriormente juraria lealdade a Poseidon) a visão de um olho, Hyoga passa a treinar com o propósito de se tornar um Cavaleiro.



Quis o destino que Hyoga fosse enviado para as terras geladas da Sibéria, onde sua mãe descansava em paz nas profundezas do mar. Hyoga foi recebido e treinado pelo Mestre Cristal (Camus de Aquário no mangá), o bondoso cavaleiro que zelava pela paz na terra do gelo. Cristal ensina a técnica do "Pó de Diamante". O golpe era disparado com a queima da cosmo energia que quebraria os átomos de gelo, ao mesmo tempo que se congelava o ar. Hyoga acreditava piamente que Cristal era o mais poderoso dos Cavaleiros. Mas seu próprio mestre falou para Hyoga que não era o cavaleiro mais poderoso de todos. Nesta ocasião, Cristal falou sobre seu mestre, Camus de Aquario.



O frio congelante dos poderes de Hyoga aumentam junto com seu cosmo, o que lhe da chance de vencer adversários muito poderosos.


Shun (Cavaleiro de Andrômeda)

País de origem: Japão

Ataques: Nebula Chain (Corrente de Andrômeda), Rolling Defense (Defesa Circular), Spider Net (Teia de Aranha de Andrômeda), Thunder Wave (Onda Relâmpago), Casting Net (Rede de Andrômeda), Spiral Duct (Espiral de Andrômeda), Boomerang Shoot (Bumerangue de Andrômeda), Wild Trap (Armadilha de Andrômeda), Great Capture (Grande Captura de Andrômeda) e Nebula Storm (Tempestade Nebulosa).



Shun é uma escolha estranha para um Cavaleiro, pois ele é pacifista e sensível. No sorteio que decidiria quais os lugares de treinamento que cada garoto do orfanato iria para se tornar um Cavaleiro, Shun fica com a Ilha da Rainha da Morte. Preocupado com o seu irmão, Ikki convence Tatsumi e Mitsumasa Kido a deixarem que ele vá no lugar de Shun. Shun então sorteia de novo um papel e acaba indo para a Ilha de Andrômeda, para treinar sob as ordens de Albion (Dédalo no mangá), Cavaleiro de Prata de Cefeu, e junto da futura Amazona de Camaleão, June. Quando volta, resolve esconder seu real poder para não machucar os outros, usando apenas a corrente de andrômeda, mas na verdade, seu cosmo é um dos mais avançados dentre os cavaleiros de Atena.



Quando criança, Shun foi sempre protegido pelo seu irmão Ikki e ninguém acreditava que ele sobreviveria ao treinamento sob as duras condições climáticas da Ilha de Andrômeda. Contrariando as expectativas, voltou ao Japão como Cavaleiro de Andrômeda, treinado por Albion de Cefeu. (Daidaros no mangá)



Tem uma personalidade pacífica e odeia disputas, tanto que não hesita em oferecer a própria vida se o seu sacrifício poupar a vida dos outros. Sendo ele irmão de Ikki, o homem mais forte entre os Cavaleiros de Bronze, não é de estranhar que possua um enorme potencial como Cavaleiro de Atena. No entanto, por temer ferir os outros, Shun manteve seu imenso poder escondido de todos, usando apenas a Corrente de Andrômeda para diminuir a sua força.Antes não gostava da luta mas parece estar amadurecendo a cada parte até uma nova saga pode ate salvar o ikki.É um cavaleiro com coração de ouro.

Ele manipula as Correntes de Andrômeda em diversas situações. Possui um dos maiores cosmos entre os Cavaleiros de Atena, o que o faz capaz de lutar mesmo sem a corrente.


Ikki (Cavaleiro de Fênix)

País de origem: Japão

Ataques: Houou Yoku Tensho (Ave Fênix), Phoenix Genma Ken (Golpe Fantasma de Fênix)

Ikki é um lobo solitário e durão que prefere não andar junto com os outros Cavaleiros de Bronze. Durante a sua passagem pela Ilha da Rainha da Morte - descrita como o Inferno na Terra - ele treina sob as ordens de Guilty, um Cavaleiro de constelação desconhecida que enlouqueceu após visitar o Mestre do Santuário. Sua companheira na Ilha é a filha de Guilty, Esmeralda, que desperta a paixão de Ikki. Revoltado com o seu treinamento penoso e por Guilty ter matado acidentalmente Esmeralda, ele se deixa levar pelo ódio tornando-se o Cavaleiro de Fênix após matar seu mestre. Ikki faz a sua primeira aparição invadindo o Torneio Galáctico organizado por Saori Kido, como vingança por o terem mandado para a Ilha da Rainha da Morte. Ele recruta quatro Cavaleiros Negros e rouba a Armadura de Ouro de Sagitário, provocando uma luta entre os Cavaleiros de Bronze. Após sua derrota para Seiya, Shiryu, Hyoga e Shun, Ikki se redime e se junta a eles, embora continue agindo de maneira independente. Mesmo assim, Ikki é o mais forte dos 5 principais cavaleiros de Bronze.



Irmão de Shun de Andrômeda. Na ilha da Rainha da Morte, onde foi treinado, acaba vendo Esmeralda, seu grande amor, morta por Guilty, seu próprio mestre, para incubir o ódio no coração do garoto. Depois da morte ser considerada uma "falha de Ikki" por ter hesitado matar seu mestre, Ikki começa a odiar a tudo e a todos. Comandando os Cavaleiros Negros, invade a arena da Guerra Galática e rouba a armadura de Sagitário para dominar o mundo. Mas lutando depois contra Seiya, ele percebe o quanto estava enganado e desaparece com o corpo ferido. De agora em diante, ele costuma reaparece toda a vez que Seiya e seus amigos precisam de ajuda. É considerado o mais poderoso Cavaleiro de Bronze, já que foi o primeiro homem a emanar energia suficiente para vestir a lendária armadura de fênix.



Ele possui uma força muito além da capacidade de um Cavaleiro de Bronze e já triunfou em inúmeras batalhas com o bater de suas asas. Pode manejar o fogo, soltar golpes psiquicos, e escapar de outras dimensões como já provou na saga das 12 casas na luta contra Saga de Gêmeos.



Contudo, ele não conseguiu escapar sozinho de uma outra dimensão onde ele e Shaka ficaram aprisionados poucos episódios antes.

Os outros cavaleiros da Fundação Graad

Jabu (Cavaleiro de Unicórnio), É o rival do Seiya, e é apaixonado pela Saori Kido (Atena). Costuma ficar tirando vantagens dos outros. Seu cosmo é armazenado no seu chifre.

Ichi (Cavaleiro de Hidra), É um guerreiro que se move como uma cobra. Seus golpes de garras venenosas podem nascer e renascer quantas vezes ele quiser, mas o veneno não funcionou contra Hyoga, pois sua armadura estava protegida pelo frio do Gelo Eterno.

Nachi (Cavaleiro de Lobo), Não há muitas informações sobre ele, só que ele foi derrotado pelo Golpe Fantasma do Ikki.

Geki (Cavaleiro de Ursa Menor), Lutou contra Seiya. É um guerreiro com muita força física, mas não conhece o poder do "cosmo", que é uma força que não tem nada haver com o poder dos musculos. Poo Desconhecida) discípulo de Albion de Cefeu. Derrotado por Shun após tentar matá-lo no Japão.

Ban (Cavaleiro de Leão Menor) , Não há muitas informações sobre ele, só que ele foi derrotado por Jabu de Unicórnio, logo no inicio do torneio.

Demais cavaleiros de bronze

Dócrates (Cavaleiro de Hidra Macho). Pouco se sabe deste Cavaleiro além do fato de ser irmão mais velho de Cássius (antigo pretendente da Armadura de Pégaso). Supõe-se que sua constelação seja Serpente, pois está próxima à constelação de Hércules, a qual empresta seu nome ao principal golpe de Dócrates, "Punho de Hércules" (de acordo com o mito, Hera teria enviado duas serpentes ao berço de Hércules ainda bebê, o qual estrangulou-as cada uma com uma mão). Outros dizem que a cosntelação de Dócrates poderia ser a de Hidra Macho, por causa de suas garras semelhantes a de Ichi de Hidra.

Cavaleiro do Fogo (Cavaleiro de Fornalha). É apontado como discípulo de Gigars, braço direito de Saga (disfarçado de Ares) durante a primeira fase. Contudo, muito provavelmente Gigars não o tenha treinado.
Yuuri (Amazona de Sextante). Por enquanto aparece apenas na saga Gigantomaquia, publicada em dois volumes. Foi capturada pelos gigas.

Retsu (Cavaleiro de Bronze de Lince no Episódio G). A armadura de Lince também é usada por Jaú, um cavaleiro de Abel.

Jisty (Amazona de Serpente). Ela é foi exilada do Santuário pelo Mestre do Santuário, Shion, para a ilha do espectro, por cometer ações ilegais. Ela é líder dos cavaleiros fantasmas da ilha do espectro, lugar para onde ela foi mandada. Ela e seus cavaleiros só existem no anime, não existe no mangá. Os cavaleiros são três: Serpente Marinha, Golfinho e Medusa.

Cavaleiros de Prata

São os guereiros com a força intermediária na ordem dos Cavaleiros de Atena. Quando recebem uma missão do Santuário, eles vão a qualquer lugar do mundo para cumprí-la custe o que custar, por isso, são conhecidos como os "Especialistas em Batalha", e são infinitamente mais fortes que os cavaleiros de bronze, apesar de extremamente submissos aos de Ouro. Existem 24 armaduras de prata, mas no tempo presente no anime, nem todos os cavaleiros aparecem.

Seiya e os seus companheiros conseguiram alcançar seus cosmos por causa das batalhas anteriores;

Ágora (Cavaleiro de Lótus), foi discípulo de Shaka de Virgem. Seus golpes são explosivos, porém Ikki aprende a se defender dele.

Albion (Cavaleiro de Cefeu), cujo nome é Daidaros no mangá. Treinou Shun de Andrômeda, June de Camaleão, Spica e Leda de Cassiopéia.

Algethi (Cavaleiro de Hércules ou Herácleo). Cavaleiro com a maior força física de todo o Santuário.

Algol (Cavaleiro de Perseu). Cavaleiro que usa o Escudo da Medusa para transformar os oponentes em pedra. Perseu na mitologia grega foi o herói que derrotou a própria medusa.

Aracne (Cavaleiro de Tarântula). Ele consegue paralizar os oponentes com sua teia e quase matou Seiya.

Asterion (Cavaleiro de Cães de Caça), Cavaleiro poderoso que pode ler a mente das pessoas e também pode se multiplicar. Foi derrotado por Marin depois que ela esvaziou sua mente.

Babel (Cavaleiro de Centauro). Usa o poder das chamas. É poderoso mas não resistiu ao frio do Hyoga.

Capella (Cavaleiro de Auriga (Cocheiro)). Usa pratos cortantes para atacar. Acabou vítima de uma ilusão de Ikki.

Cristal (Cavaleiro de Coroa Boreal), antigo discípulo de Camus de Aquário e mestre de Hyoga de Cisne. Só existe no anime.

Dante (Cavaleiro de Cérbero). Usa bolas de ferro muito pesadas para atacar. Acabou derrotado por Ikki e Shun.

Dio (Cavaleiro de Mosca). Foi derrotado por Seiya. Seus golpes favoritos são os aéreos.

Jamian (Cavaleiro de Corvo). Raptou Saori. Ele pode controlar corvos a vontade. Mas também tem um ataque próprio.

Marin (Amazona de Águia), mestra de Seiya de Pégaso. Pensavam que ela era Seika, a irmã de Seiya, mas na verdade Seika seria uma outra garota, a qual teria perdido a memória enquanto buscava pelo irmão, Seiya.

Misty (Cavaleiro de Lagarto). Cavaleiro muito poderoso que usa golpes de furacões e barreiras de ar. É muito vaidoso.

Mouses (Cavaleiro de Baleia). Cavaleiro que ataca levantando o inimigo pra cima e dando um soco certeiro quando volta.

Noesis (Cavaleiro de Triângulo). Este cavaleiro só apareceu no Episódio G aonde foi derrotado por uma das 3 Górgonas.

Orfeu (Cavaleiro de Lira), morto na última Guerra Santa contra Hades, ajuda os Cavaleiros quando esses descem ao Inferno durante a Saga de Hades.

Sirius (Cavaleiro de Cão Maior), Tenta matar Seiya junto de Algethi e Dios.

Shina (Amazona de Cobra, ou Serpentário), treinou Cassius (antigo pretendente da Armadura de Pégaso). Para uma amazona, após seu rosto ser visto por um homem só há duas opções: matá-lo ou amá-lo. Embora tente a todo custo matar Seiya, fica claro nos episódios que ela na realidade o ama profundamente.

Shiva (Cavaleiro de Pavão), foi discípulo de Shaka de Virgem. Seu golpe solta mil braços capaz de retalhar o oponente.

Spartan (constelação de Bússola), Controla uma poderosa telecinese. Ele derrubou o avião onde estava Seiya e os outros com esse poder.

Tremy (Cavaleiro de Sagita, ou Flecha), alvejou Atena em seu seio esquerdo com seu golpe "Flechas Fantasmas".

Nicol (Cavaleiro de Altar). Por enquanto aparece apenas na saga Gigantomaquia, publicada em dois volumes. Era o Grande Mestre substituto e também mestre de Yuuri de Sextante.

A 24ª armadura de prata (Armadura perdida) O cavaleiro que veste esta armadura ainda não apareceu, ou não vai aparecer. Acredita-se que a armadura seja da constelação de Taça (Cálice).


Cavaleiros de Ouro

Eles são conhecidos por vestirem armaduras douradas e estarem entre os mais poderosos personagens da série, protegidos pelas doze constelações zodiacais. São os mais poderosos cavaleiros de Atena, tem o cosmo elevado até o sétimo sentido. Cada um tem o signo da sua casa, e são protetores do Santuário de Atena, os guardiões das 12 casas. São eles:

Mu de Áries (atual Cavaleiro de Áries). Também descende do Continente de Mu. Único ser humano vivo capaz de consertar uma armadura. É um cavaleiro passivo, mas quando é preciso, usa técnicas hábeis. Destaque para o fato de derrotar 2 cavaleiros de ouro, Máscara da Morte de Câncer e Afrodite de Peixes. Foi treinado por Shion, ex-Grande Mestre, e esta treinando Kiki.

Aldebaran de Touro (Cavaleiro de Touro); Um cavaleiro poderoso, cujo real poder não foi exibido durante o mangá original, podendo ser conferido agora na série Episódio G. Curiosamente, sua nacionalidade é a brasileira. Seu golpe Grande Chifre pode despedaçar o oponente, e a sua postura alia poder e resistência em um só movimento. Na saga de Hades teve uma morte heróica, fazendo apologia a estrela que representa seu nome.

Saga de Gêmeos (Cavaleiro de Gêmeos). Cavaleiro que tem dupla-personalidade, dividido entre o Bem e o Mal. Seu lado mal foi despertado pelo seu irmão Kanon e assim ele mata o verdadeiro Mestre do Santuário, Shion. Saga como Mestre, no Anime ficou conhecido como "Ares". Seu golpe Satã imperial pode hipnotizar as pessoas fazendo elas ficarem do seu lado. Seu Explosão Galática, por se tratar de uma supernova, é tido como um dos ataques ofensivos mais poderosos. Os fatos parecem o apontar como o cavaleiro mais forte.

Kanon de Gêmeos (Cavaleiro de Gêmeos durante a saga de Hades). Irmão gêmeo de Saga. Após ser expulso do Santuário por seu irmão por tramar contra Atena, ele arranca o seu selo de da ânfora que prendia o espírito de Poseidon durante sua permanência como prisioneiro no Cabo Sunion. Desce ao Santuário de Poseidon para tornar-se um de seus Generais Marinas e manipula-o para dominar o mundo. Na saga de Hades arrepende-se de seus pecados. É quase tão poderoso quanto seu irmão.

Máscara da Morte de Câncer (Cavaleiro de Câncer); É um cavaleiro cruel que matava as pessoas e colecionava as suas cabeças como prêmios (por isso o apelido). Por ser mau, sua Armadura o abandona. Isso enfurece Shiryu, que o mata atirando-o em seu próprio Yomotsu. Futuramente ele e Afrodite são revividos como Espectros para fingir matar Atena e levar sua cabeça para Hades, mas na verdade eles queriam mostrar para Atena sua armadura, isto é, Máscara da Morte arrepende-se dos seus pecados. Mas ambos acabam detidos por Mu e jogados de volta ao inferno.

Aiolia de Leão (Cavaleiro de Leão), O altruísta irmão mais novo de Aiolos. Acredita que seu irmão é um traidor e envergonha-se por isso. Seus golpes de raios são capazes de cortar o ar na velocidade da luz. Foi dominado pelo Satã Imperial de Saga e por isso lutou contra Seiya. Protagonista do Episodio G, Aiolia sempre é posto como um dos cavaleiros de ouro mais fortes.

Shaka de Virgem (Cavaleiro de Virgem); tido como o Cavaleiro mais próximo dos Deuses. Tem um cosmo muito desenvolvido baseado em seus olhos quando estão fechados. É dito ser a reencarnação de Buda. Bastante poderoso, consegue obrigar 3 cavaleiros de ouro (Saga, Shura e Camus), a usar o "Athena Exclamation" para mata-lo. É também o primeiro cavaleiro que aprendeu a andar entre o mundo dos mortos sem morrer. (o Oitavo Sentido, Arayashiki). Possui um domínio diferenciado do cosmo, dada seu alto nível de espiritualidade.

Milo de Escorpião (Cavaleiro de Escorpião)Único Cavaleiro de Ouro a vencer uma batalha durante a Saga do Santuário (mesmo que, diante a perseverança de Hyoga, tenha reconhecido sua derrota moral). É um cavaleiro implacável em combate, e o seu golpe Agulha Escarlate representa as 15 estrelas de sua constelação. A Agulha Escarlate de Antares supostamente leva o adversário a morte. É dito que existe uma forte amizade entre ele e Camus. Certamente é um cavaleiro implacável.

Aiolos de Sagitário (Falecido Cavaleiro de Sagitário); salvou Atena ainda bebê de ser morta por Saga (disfarçado de Ares), não quis atacar diretamente Shura e por isso recebe um ataque mortal dele. Mesmo assim, ele sobrevive por pouco tempo, entregando Atena a Mitsumasa Kido. No Episódio G é dito ser o mais poderoso cavaleiro dourado de toda a história. Sua flecha é capaz de reunir o cosmo de várias pessoas para se tornar a arma mais poderosa contra o mal.



Shura de Capricórnio (Cavaleiro de Capricórnio); Cavaleiro com extremo senso de justiça. Característica tão forte que quase o impediu de ser dominado. Possui grande importância na história. Feriu Aiolos mortalmente enquanto este tentava fugir com Atena no colo. Possui, em seus braços e pernas, o poder da sagrada Espada Excalibur. Tal poder permite ao cavaleiro disparar ataques cortantes das mais diversas formas. Na hora de sua morte, passa para Shiryu o poder da Excalibur. Volta na saga de Hades e participa do poderoso Athena Exclamation.

Camus de Aquário (Cavaleiro de Aquário); mestre de Hyoga, Cavaleiro de Cisne. Derruba o navio da mãe do discípulo em uma fenda no mar, para que seu discípulo se livre da emoção contida na morte de Natássia, sua mãe. É o mais frio e racional dentre os Cavaleiros de Ouro, e também muito poderoso, tanto que nenhum cavaleiro de ouro pode destruir seus poderes de gelo, a não ser pelas armas de libra. Controla o Zero absoluto, e é dito que possui uma amizade forte com Milo de Escorpião.

Afrodite de Peixes (Cavaleiro de Peixes).Participou da destruição da Ilha de Andrômeda. É narcisista acima de tudo, pois é o cavaleiro de ouro mais bonito. Sua idéia é que os mais fracos devem se submeter aos mais fortes, mesmo se esta pessoa for do mal. Por isso, ajuda o Mestre Saga, mesmo sabendo de sua maldade. Saga falou uma vez que ele era temido pelos outros cavaleiros e é tão forte quanto é belo. Seu cosmo é capaz de afetar a natureza. Pode criar plantas especiais com o cosmo, dotadas de alto poder defensivo e ofensivo. Como mostrado no Episódio G, seu real poder está muito além do que se imaginava.

OBS: No Brasil, este personagem sofreu preconceitos por causa de sua fisionomia de beleza. Afrodite tem um rosto perfeito que lembra de uma mulher, mas no Japão, isso é admirado como beleza masculina. A dublagem brasileira reforçou o preconceito pois no original japonês é possível perceber que o Cavaleiro de Peixes possui voz forte e masculina. O nome "Afrodite" vem da lenda de Peixes. Afrodite é o nome da deusa da beleza e do amor na mitologia grega.



Cavaleiros do passado

Shion de Áries (falecido Cavaleiro de Áries), mestre de Mu e antigo Mestre do Santuário. Foi assassinado por Saga, Cavaleiro de Gêmeos antes da história retratada pela série, mas foi ressuscitado para mostrar a Armadura de Atena aos cavaleiros de bronze. Descende do povo do Continente de Mu. Diz-se que é tão poderoso quanto Dohko de Libra. Só aparece na saga de Hades, como um espectro dos cavaleiros de ouro.

Dohko de Libra (Cavaleiro de Libra), mestre de Shiryu. Guarda pacientemente por quase dois séculos o selo de Atena que aprisiona o espírito de Hades desde a última Guerra Santa, vivendo num estado de semi-hibernação sob o poder de seu golpe "Misopetha Menos". É representado por um Tigre e um Dragão, o equilibrio do Ying Yang. Saga certa vez disse que Dohko é considerado o mais perigoso dos cavaleiros.

Habilidades Especiais dos Cavaleiros de Ouro

Por serem um dos guerreiros de Atena mais poderosos, não seria difícil esperar que eles tivessem poderes próprios. Algumas destas habilidades são extremamente destrutivas e perigosas. Entre elas estão:

Sétimo Sentido (Seventh Sense): Sétimo Sentido é o mesmo que "Cosmo". Quando um cavaleiro consegue dominar este cosmo por completo, então quer dizer que ele alcançou o máximo do Sétimo Sentido. Desde os tempos mitológicos, apenas os Cavaleiros de Ouro conseguiram dominar o máximo do Sétimo Sentido, sendo assim, pessoas praticamente invencíveis. Mas na verdade, se um Cavaleiro de Bronze ou Prata estiver muito determinado e encorajado, ele também poderá alcançar o Sétimo Sentido, mesmo sendo com muito mais dificuldade.

Velocidade da luz (Lightning Speed): Este é um dos efeitos dados pelo máximo do Sétimo Sentido. É algo que muitos achavam impossível de acontecer. Com a Velocidade da luz eles podem andar por todo o Planeta Terra milhares de vezes em poucos milésimos. Seus golpes também são lançados nesta velocidade, sendo praticamente impossível de vê-los.

Ressonância (Ressonance): Quando as 12 Armaduras de Ouro se encontram ou ficam perto umas das outras, elas começam a brilhar e produzirem sons bem altos. Dizem que cada armadura tem um pouco do brilho do sol, portanto, quando as 12 armaduras se encontram, é como se o Sol estivesse completo. Isto é apenas um fenômeno, e não uma técnica ofensiva.

Guerra de Mil Dias (One Thousand Wars): Quando dois Cavaleiros de Ouro com forças equivalentes travam uma luta, a disputa é tão acirrada que acaba durando uma eternidade. Nenhum dos dois podem se mover e não se chega a nenhuma conclusão. No final, ou morre os dois ou ambos ficarão assim para sempre.

Exclamação de Atena (Athena Exclamation): Quando três Cavaleiros de Ouro se unem, eles podem soltar um dos golpes mais terríveis entre os cavaleiros de Atena: A Exclamação de Athena. Ela é tão poderosa, que jorra uma energia semelhante a explosão que deu origem a vida, o Big Bang (ou Grande Explosão). Se duas Exclamações de Atena se chocarem, elas não vão apenas duplicar ou multiplicar, e sim aumentar infinitamente. Atena proibiu todos os Cavaleiros de Ouro de usar está técnica, pois além de ser uma covardia, também pode causar um dano terrível. Quem faz juz a esta técnica, é considerado como um bárbaro, pessoa terrível e desonrada. Também é conhecida como "Sopro de Atena".

Sacrifício dos Cavaleiros de Ouro (Golden Saints Sacrifice): A técnica mais poderosa e destrutiva dos cavaleiros de Atena. Quando os 12 Cavaleiros de Ouro forem posicionados na ordem Zodiacal, podem se sacrificar para soltar um poder igual ao do grande Sol. Uma técnica tão poderosa, que provavelmente poderia até matar um deus, porem, os Cavaleiros de Ouro tiveram que fazer este sacrifício no Muro das Lamentações.


Cavaleiros de Atena Traidores

Ainda que não considerados parte do cânone oficial, os longa-metragens apresentam alguns Cavaleiros de Atena que se aliam a algum outro deus algoz do Santuário. Em sua maior parte, são Cavaleiros mortos em eras passadas (Por causas naturais ou durante a última Guerra Santa contra Hades ou até mortos em combate antes disso), e tiveram seus poderes amplificados por seus novos deuses-mestres. O que talvez explique suas Armaduras não os abandonarem, mesmo agindo de sã consciência contra Atena, seja pelo fato desses outros deuses tomarem controle total sobre suas armaduras. Nada especifica de qual nível sejam esses Cavaleiros, mas provavelmente sejam de Bronze e Prata, pois suas armaduras não existem em níveis superiores, e devido ao desenho de suas armaduras e seu nível de poder.

Cavaleiros Fantasmas de Éris

Craisto (Cavaleiro de Cruzeiro do Sul). Um dos "cavaleiros fantasmas" ressucitados por Éris durante o OVA A Batalha de Éris (Saint Seiya). Foi um cavaleiro de Bronze.Seus golpe é:Trovão do Cruzeiro do Sul.Kraisto lutou contra Hyoga e quase foi derrotado por ele mas por uma distração do Cavaleiro de Bronze, ele conseguiu virar o jogo e quase venceu. Kraisto foi morto pela própria deusa Éris, na tentativa de matar Hyoga.

Ian (Cavaleiro de Escudo). Um dos "cavaleiros fantasmas" ressucitados por Éris durante o OVA A Batalha de Éris (Saint Seiya).Além de possuir um escudo quase tão poderoso quanto o de Shiryu, Yan possui um golpe que se assemelha a uma broca.Golpe: Escudo Mortal

Jaga (Cavaleiro de Orion). Um dos "cavaleiros fantasmas" ressucitados por Éris durante o OVA A Batalha de Éris (Saint Seiya). Foi um cavaleiro de Bronze.Jaga é um lendário guerreiro, muito poderoso, que morreu a muitos anos e foi revivido por Éris para servir aos seus propósitos maléficos. Enfrentou Seiya e acabou sendo derrotado.Golpe:Choque Megatômico de Meteoros.

Maiya (Cavaleiro de Sagita). Um dos "cavaleiros fantasmas" ressucitados por Éris durante o OVA A Batalha de Éris (Saint Seiya). Era um cavaleiro de Prata de Atena. Não confundir com o cavaleiro Tremy de Sagita, que apesar de usar a mesma armadura, é outra pessoa.
Golpe: Flechas Envenenadas

Orpheu (Cavaleiro de Harpa, da constelação de Lira). Um dos "cavaleiros fantasmas" ressucitados por Éris durante o OVA A Batalha de Éris (Saint Seiya). Foi um cavaleiro de Prata. Não confundir com o cavaleiro Orfeu de Lira da Saga de Hades, que apesar de usar a mesma armadura e ter o mesmo nome, é outra pessoa.Golpe: Réquiem de Cordas.

Cavaleiros da Coroa do Sol, de Abel

Berengue (Cavaleiro de Cabeleira de Berenice). Ressucitado por Febo Abel e incorporado entre os seus "Cavaleiros da Coroa do Sol" durante o OVA A Batalha de Abel (A lenda dos defensores de Atena). Posteriormente, a saga Gigantomaquia publicada em 2002 apresenta Mei, que seria filho legítimo de Mitsumasa Kido e detentor duma Armadura de Cabeleira de Berenice, esta armadura não é a armadura origibal desta constelação, ela não é enquadrada entre as Armaduras de Atena e portanto não a mesma de Berengue (que provavelmente estava desaparecida), a verdadeira e original é uma armadura de Bronze de Atena. Talvez essa Armadura seja resultado das pesquisas da Fundação Galar com algumas Armaduras de Atena e as chamadas Armaduras de Aço por ela criadas, sendo feita a partir da armadura original desta constelação. A armadura de Berengue é a verdadeira e original.

Jaú (Cavaleiro de Lince). Ressucitado por Febo Abel e incorporado entre os seus "Cavaleiros da Coroa do Sol" durante o OVA A Batalha de Abel (A lenda dos defensores de Atena). Foi um cavaleiro de Bronze.

Atlas (Cavaleiro de Carina). Ressucitado por Febo Abel e incorporado entre os seus "Cavaleiros da Coroa do Sol" durante o OVA A Batalha de Abel (A lenda dos defensores de Atena). Foi um cavaleiro de Bronze.

Cavaleiros da Ilha da Rainha da Morte

Guilty: mestre de Ikki de Fênix na Ilha da Rainha da Morte, matando a própria filha, Esmeralda, afim de incutir o ódio em seu pupilo e assim fazê-lo elevar sua cosmo-energia. É dado oficialmente que ele era um Cavaleiro de Atena, contudo não se sabe de qual constelação nem tampouco a qual nível pertencia. (seu nome significa "culpado" em inglês). Aparece tanto no mangá quanto no anime, mas em nenhum longa-metragem.

Cavaleiros Negros: São cavaleiros renegados do Santuário. Os cavaleiros negros são como cópias dos originais, mas são contra os cavaleiros de Atena e lutam pelo mal. As armaduras negras são cópias das armaduras de bronze, pelo fato destas serem as mais simples de reproduzir dentre todas as armaduras de Athena. Foram feitas várias cópias da armadura de Fênix por ser a mais poderosa da classe de bronze. Os cavaleiros do Apocalipse são os quatro cavaleiros negros mais fortes, que Ikki de Fênix comandou quando seu coração era puro ódio. Eles são cópias dos quatro protagonistas que lutaram contra eles.

As Armaduras Perdidas

A armadura de Cabeleira de Berenice é usada por Berengue, um Cavaleiros da Coroa do Sol no OVA "A Batalha de Abel" (A lenda dos defensores de Atena). Posteriormente, a saga Gigantomaquia publicada em 2002 apresenta Mei, que seria filho legítimo de Mitsumasa Kido e detentor duma Armadura de Cabeleira de Berenice, esta armadura não é a armadura origibal desta constelação, ela não é enquadrada entre as Armaduras de Atena e portanto não a mesma de Berengue (que provavelmente estava desaparecida), a verdadeira e original é uma armadura de Bronze de Atena. Talvez essa Armadura seja resultado das pesquisas da Fundação Galar com algumas Armaduras de Atena e as chamadas Armaduras de Aço por ela criadas, sendo feita a partir da armadura original desta constelação. A armadura de Berengue é a verdadeira e original.

Armadura de Escultor. Acredita-se que essa armadura forneça ao seu Cavaleiro o poder de consertar Armaduras, o mesmo poder que Shion e Mu possuem.

Armadura de Cálice (ou Taça). Não há certeza sobre a qual graduação essa Armadura pertença. Contudo, acredita-se que essa possua a capacidade de regenerar a saúde dos seres vivos.

Armadura de Prata de Altar. Originalmente esta armadura estaria sendo pesquisada pela Fundação Graad; segundo consta, seria uma Armadura de Prata e seu Cavaleiro seria o substituto do Mestre do Santuário na ausência desse. Na saga Gigantomaquia esta Armadura aparece trajada por Nicol.

Acredita-se que as armaduras de Peixe-Espada, Coroa Austral, Mesa e Cinzel aparecerão na série. Uma destas e das armadura de Escultor e Taça seriam a vigésima quarta armadura de Prata e as demais de Bronze.


[mais +]

Imagens raras


Os 12 cavaleiros de ouro diante do mestre. O único detalhe é que está imagem foi achada em um site japonês, parece saída da TV e não pertence a nenhum episódio japonês.


A imagem é do primeiro promocional de Saint Seiya no Japão. As cenas são conhecidas, mas como vêem Seiya tem uma armadura roxa e a roupa amarela e as garras do Dragão são verdes e seus olhos azuis.


Imagem de Ikki e Seiya, esboços que a Toei não gostou.


Acima, imagens do promocional do Ova de Asgard e do Ova de Eris, abaixo imagens do proprio Ova. Parece que pela segunda vez não agradou a Toei trocando as cores das armaduras.



Esta cena não tem no anime foi extraída de um resumo do episodio.Kraken e Hyoga caídos.


[artigo]

As armaduras

As armaduras são vestimentas sagradas usadas pelos cavaleiros do zodíaco e formam uma parte muito importante da trama da serie é como um prêmio pelo esforço do guerreiro em se tornam membro da elite dos protetores de Athena. Vejamos agora os tipos de armaduras que existem e suas evoluções culminando em formas cada vez mais aperfeiçoadas no desenrolar da história.

História

Em uma época remota os cavaleiros de Athena lutavam sem armaduras e sofriam fortes derrotas contra Poseidon e seus generais, os quais lutavam com uma espécie de couraça protetora que eles chamavam de “escamas”,isto obrigou Athena a pensar no assunto e vendo a injustiça que ocorria com seus cavaleiros decidiu que eram necessárias couraças protetoras para proteger seus corpos dos ataques dos inimigos e encarrega este trabalho especial ao povo da terra de Mú, que possuí o domínio sobre o pó das estrelas e são responsáveis por consertar e manter a ordem e o registro da evolução das mesmas.


Pó de estrelas

Constituição

As armaduras dos cavaleiros de Athena são conhecidas por “Mantos Sagrados”, cada uma representa uma das 88 constelações do firmamento visiveis e são sagradas por estarem cheias de matéria viva são como uma vida animal e não só isso evoluem de acordo com os atributos e os materiais que contem assim como as habilidades de seu portador aumentam... Tem a capacidade de se regenerar como um corpo vivo se o dano não for muito grave se não morrem como um corpo vivo e tem que ser revividas pelo sangue de algum cavaleiro com exceção da armadura de Fênix que se auto regenerá se o cavaleiro que der seu sangue para armadura tiver um cosmo altamente desenvolvido e uma experiência muito grande ira influenciar a regeneração da armadura tornando sua evolução muito melhor pois ele cedeu para a armadura sua vida e sua experiência junto com seu sangue.

Os materiais com os quais as armaduras são feitas :

Pó de estrelas e com Gammanium ( o metal mais resistente que existe).

Diferem de poder, vida, beleza e dureza de acordo com o grau da armadura, bronze, prata ou ouro... As armaduras de prata são mais resistentes pois possuem em sua constituição mais metal de Gammanium que as de bronze e as de ouro são em quase sua totalidades feitas de Gammanium, é importante mencionar que uma armadura evolui e cresce de poder assim como os cavaleiros vão melhorando suas técnicas. Resumindo cavaleiro e armadura crescem juntos.

As mutações das armaduras de bronze:

As armaduras de bronze sofreram algumas mutações no decorrer da serie como veremos:

Armaduras originais:

Depois da guerra Galáctica: A armadura de Dragão e Pegasus são gravemente danificadas e Shiryu procura Mú que repara as armaduras a custo de metade do sangue de Shiryu em especial a armadura de Pegasus recebe um novo vigor.


As armaduras originais que receberam os cavaleiros.

Recebem nova força de Mú e seu pó de Estrelas.

Quando os cavaleiros chegam ao santuário para a batalha das 12 casas, Mú de Áries repara as armaduras que estavam feridas depois de tantas batalhas que seriam destruidas com um simples golpe de um cavaleiro de ouro. Mú repara as armaduras em uma hora dando nova vida e vitaldade sendo mais resistentes que uma armadura de bronze comum.

Primeira Modificação

- Total restauração após a batalha das doze casa:

Despois da terrível batalha das doze casas os cavaleiros de ouro derramam seu sangue para reviver as armaduras de bronze que estavam completamente destruidas, graças ao seus cosmos dourados elas renasceram mais fortes do que antes.



Assim ficaram as armaduras depois da primeira restauração total.

O sague foi dado da seguinte forma:

- Shaka de Vigem entregou seu sangue para a armadura de Fênix
-Aioria de Leão para a de Pegasus
- Mú de Áries para a de Dragão
- Aldebaran de Touro para a de Andrômeda
- Milo de Escorpião para a de Cisne

Segunda Troca.

-Troca, de quando são restauradas pelo sangue de Athena:

Ao iniciar a saga de Hades depois da batalha contra Poseidon as armaduras estavam muito danificadas e a batalha contra Hades os tomou de surpresa. Shion antigo Mestre e cavaleiro de Áries utilizou o sangue de Athena derramado para restaurar as armaduras de Dragão, Pegasus, Cisne e Andrômeda. E elas trocaram de foma e poder para se tornarem armaduras semi-divinas.


Armaduras depois da segunda troca

Terceira troca (kamei)

-Atroca final nos campos Elisius.

Quando as armaduras semi-divinas são destruidas nos campos Elisius, Poseidon envia as armaduras douradas para os cavaleiros de bronze.

Seiya de Pegasus porta a armadura de Sagitário...
Shiriu de Dragão porta a armadura de Libra...
Hyoga de Cisne porta a armadura de Aquario...
Shun de Andrômeda porta a armadura de Virgem...
Ikki de Fênix porta a armadura de Leão...



As armaduras de ouro são completamente destruidas nos campos Elisius ficando novamente desprotegidos nossos heróis então ao elevarem seu cosmo até as alturas surgem as Kamei, (são as armaduras divinas iguais as usadas pelos deuses do olimpo).

[artigo]

Shion, Saga ou Ares????? Quem é Quem????

Um dos maiores mistérios envolvendo Cavaleiros do Zodíaco sempre foi relacionado ao Mestre do Santuário. Desde o seu nome até a sua verdadeira identidade, fãs do mundo inteiro sempre tinham dificuldades em encaixar dentro da cronologia do anime todos os acontecimentos. Ninguém sabia ao certo, por exemplo, se tinha sido Saga, sob a identidade falsa de Ares, que tinha dado a armadura de Pégasus para Seiya. Também havia muita dúvida em relação a quem fora encontrado morto em Star Hill pela Marin. Mas essas perguntas ­ e muitas outras ­ agora têm resposta. E o melhor, na nova dublagem estará tudo devidamente explicado. Aqui estão os tópico que explicam todo esse erro da antiga dublagem!!!

· 13 anos antes do início do anime começar, Kanon tenta convencer Saga a matar a recém-nascida Athena e dominar a Terra.

· Saga condena o irmão e o deixa para morrer no cabo Sunion.

· Kanon liberta o espírito de Poseidon e se auto-proclama o General Dragão Marinho.

· Com o espírito do Deus dos Mares adormecido no corpo do jovem Julian Solo, Kanon arquiteta seu plano de dominar o mundo manipulando Poseidon.

· Nesta época, Shion, o Mestre de Mu e ex-Cavaleiro de Áries, era o Mestre do Santuário.

· Para executar as suas tarefas, Shion contava com a ajuda de seu irmão mais novo: Ares, que, por sua vez, era um Cavaleiro de Prata de Altar.

· Saga, após abandonar Kanon à própria sorte, deixa seu lado maligno agir. Ele mata Ares e assume a sua identidade.

· O corpo do verdadeiro Ares é escondido em Star Hill (Colina da Estrela).

· É interessante saber que, nessa época, por conta da idade avançada de Shion, dois Cavaleiros de Ouro estavam sendo cogitados para serem idicado a sucedê-lo: Saga de Gêmeos e Aioros de Sagitário.

· Se passando por Ares e tendo acesso a praticamente todo o Santuário, Saga tenta matar Athena.

· Saga é impedido e desmascarado por Aioros. Com seu segredo revelado, ele acusa o Cavaleiro de Sagitário de trair Athena e ordena a sua morte.

· Aioros, levando consigo a pequena deusa em seus braços, foge do Santuário.

· Na fuga, ele enfrenta Shura de Capricórnio.

· Mesmo muito ferido após enfrentar dois Cavaleiros de Ouro, Aioros foge do Santuário.

· Mistusmasa Kido, presidente da Fundação Gallard que viajava pela Grécia, encontra o Cavaleiro à beira da morte.

· Aioros conta o que havia ocorrido e lhe entrega a criança, revelando que esta era a reencarnação de Athena, e também lhe dá a armadura de Sagitário.

· O Cavaleiro, antes de morrer, conta também que em breve os Cavaleiros de Athena surgiriam para lutar contra as forças do mal.

· De volta ao Japão, Mistusmassa Kido adota a pequena menina como sua neta e lhe dá o nome de Saori Kido.

· Ciente do que estava por vir, ele passa a recrutar jovens de todo o mundo e os treina para se tornarem Cavaleiros.

· Seis anos antes do início do anime, Seiya é separado de sua irmã Seika no orfanato.

· Os meninos recrutados são enviados a diversas partes do mundo para completarem seu treinamento e se tornarem Cavaleiros.

· Enquanto os meninos arriscavam suas vidas em treinamentos mortais, Mitsumasa Kido falece.

· Depois de seis anos de treinamentoi na Grécia, Seiya recebe do Mestre Shion a Armadura Sagrada de Bronze de Pégasus.

· Depois de seis anos, dez deles voltaram com suas armaduras de bronze.

· Com os jovens reunidos, começa, sob o comando de Saori Kido, o torneio conhecido como Guerra Galáctica. Ao vencedor seria dada a Sagrada Armadura de Ouro de Sagitário.

· Em meio ao torneio, Ikki de Fênix e seus Cavaleiros Negros roubam a Armadura de Sagitário.

· Seiya, Hyoga, Shiryu e Shun partem para recuperar a veste sagrada.

· Enquanto a Guerra Galáctica era realizada, ocorre uma grande mudança no Santuário. Saga, na pele Ares, assassina Shion e se torna o novo Mestre do Santuário.

· O passo seguinte para dar continuidade a seu plano de dominar a Terra é tomar para si a amardura de ouro de Sagitário.

· A partir daí, Saga/Ares passa a enviar seus assassinos para tomar a armadura.

· Mas ele não esperava que cinco destemidos jovens unidos por sua amizade iriam entrar em seu caminho.

Para quem tem alguma dúvida em relação a qual Mestre é qual, é muito fácil diferenciá-los: Shion usa um elmo dourado e túnica branca. Já Ares (Saga), tem um elmo vermelho e única preta. No capítulo 16, "O Ataque à Fundação", Aioria comenta com Marin sobre a mudança dos Mestres e das novas leis que passaram a vigorar no Santuário.


[mais +]

Guia de episódios

Primeira Fase

1. As Lendas de Uma Nova Era
A Guerra Galáctica, torneio que premiará o vencedor com a Sagrada Armadura de Ouro de Sagitário, começou. Mas nem todos os seus competidores se apresentaram.
No Santuário de Atena, na Grécia, Seiya desperta seu Cosmo e conquista a Armadura de Bronze de Pégaso ao derrotar Cassios. Antes de retornar para o Japão, o Cavaleiro ainda enfrenta a Amazona Shina de Cobra. Na ocasião, Seiya consegue quebrar a máscara da Guerreira, fato que lhe daria muita dor de cabeça no futuro.

2. Quando Seiya Veste a Armadura de Pégaso
Na sede da Fundação Kido, Saori recebe Seiya. O Cavaleiro aceita participar da competição, em troca a Srta. Kido promete usar a Fundação para localizar Seika, a irmã de Seiya. No dia seguinte, o Cavaleiro de Pégaso vence Geki de Urso na competição.

3. Cisne, o Guerreiro do Gelo
Hyoga se despede de sua mãe sepultada nos mares gélidos da Sibéria. Em seguida, destrói a milenar Muralha de Gelo e conquista a Armadura de Cisne. De volta ao Japão, Hyoga enfrenta o Cavaleiro de Hidra na Guerra Galáctica. Utilizando seu Pó de Diamante, o Cisne arrasa com Ichi.

4. O Invencível Golpe do Dragão
Shiryu enfrenta Seiya. O Pégaso vê seus Meteoros serem repelidos pelo Escudo do Dragão. Com grande destreza, Seiya consegue fazer Shiryu acertar o Cólera do Dragão em seu próprio escudo. O punho e o escudo do Dragão se quebram. Os dois Cavaleiros tiram suas armaduras e partem para o corpo a corpo.

5. A Ressurreição do Dragão
Seiya atinge o coração do Dragão, o ponto fraco de Shiryu. Mesmo muito ferido, o Pégaso, auxiliado por Shun e Hyoga, consegue fazer o coração de Shiryu voltar a bater.

6. Fênix, o Guerreiro que Voltou do Inferno
No hospital, Shiryu e Seiya sentem um estranho cosmo, e decidem voltar até o Coliseum. No momento que Shun estava prestes a vencer Jabu, Ikki de Fênix aparece jurando vingar-se de todos.

7. A Vingança do Cavaleiro Fênix
Ikki resolve matar seu irmão Shun. O Fênix recorda que para defender Shun acabou sendo mandado para a Ilha da Rainha da Morte. Nachi decide combater Ikki. O Lobo é atingido pelo Espírito Diabólico e cai derrotado. Chegam ao Coliseum os Cavaleiros Negros comandados por Ikki. Eles roubam a armadura de Sagitário e fogem.

8. À Procura da Armadura de Ouro
Seiya, Shiryu, Hyoga e Shun partem atrás dos ladrões. Ikki chega a vestir a armadura de Sagitário, mas o Pégaso acaba com a festa.O quarteto recupera quatro partes. O resto é levado por Ikki.
Enquanto Shiryu leva as armaduras de Dragão e de Pégaso para serem consertadas em Jamiel, os demais vão no encalço do Fênix.

9. Os Cavaleiros do Apocalipse
Ikki envia os Cavaleiros Negros Pégaso, Cisne, Andrômeda e Dragão ao Japão.

10. O Túmulo da Armadura Sagrada
Saori recebe um desafio de Ikki. O Fênix quer que Seiya e seus amigos o encontrem no Vale da Morte para lutar pelas partes da armadura.Shiryu chega em Jamiel, onde encontra Mu. O ferreiro avisa que para recuperar as armaduras precisará do sangue do Dragão que se diz pronto para qualquer sacrifício.

11. Seiya Enfrenta o Pégaso Negro
No Vale da Morte começam os combates. Kiki, o aprendiz de Mu, leva para Seiya a armadura de Pégaso. Em seguida, o Cavaleiro enfrenta o Pégaso Negro. Mesmo vitorioso, o herói é ferido pelo Meteoro Negro e começa a sentir os efeitos da Morte Negra.
Hyoga se depara com o Cisne Negro. O Cavaleiro das Trevas antes de morrer envia o símbolo do Cisne de seu elmo para Ikki. No símbolo estavam registrados os segredos da técnica usada por Hyoga.

12. As Correntes da Amizade
Hyoga enfrenta Ikki. Conhecendo a técnica de seu adversário, o Fênix consegue dar um golpe certeiro no coração de Hyoga que cai morto.Shiryu, já recuperado, chega ao Vale. Shun localiza Seiya, e mesmo lutando contra o Andrômeda Negro, que é vencido, consegue resgatar o amigo.

13. As Façanhas Explosivas
Shiryu encara o Dragão Negro. Por ter perdido muito sangue para recuperar as armaduras, o Cavaleiro de Atena estava enfraquecido. Quase vencido, o Cavaleiro vê o Dragão Negro salvar sua vida por ter compreendido a importância da amizade.O Dragão acerta o Pégaso em seus 13 Pontos Cósmicos para este escapar da Morte Negra.Ikki encontra Shiryu e Shun. Andrômeda implora para seu irmão parar os ataques. Mas o Fênix está decidido em matar a todos. Seiya se recupera e tenta lutar contra Ikki.

14. A Derrota do Espirito Diabólico
Hyoga reaparece para enfrentar Ikki. O Cisne fora salvo pelo Rosário de sua mãe que levava junto de seu coração.O Fênix não desiste e quase vence. Entretanto os Cavaleiros foram protegidos pela armadura de Sagitário. Ikki insiste. Porém para sua surpresa partes das armaduras dos Cavaleiros se unem à do Pégaso para vencê-lo.

15. O Segredo de Fênix
O ódio no coração de Ikki se foi. O Fênix conta aos Cavaleiros como sofreu na Ilha da Rainha da Morte. Seu Mestre, o Cavaleiro do Diabo, só pensava em ensinar-lhe como vencer através do ódio. Na Ilha, seu único amparo era o amor de Esmeralda, que acaba morta por seu pai, o Cavaleiro do Diabo. Após a confissão, surge um novo inimigo, Dócrates. Ikki se sacrifica para deter o gigantesco Cavaleiro.

16. O Ataque à Fundação
No Santuário, o Mestre Ares exige noticias sobre a recuperação da armadura de Sagitário. Seiya e seus amigos regressam para o Japão apenas com o capacete da Armadura de Ouro. Dócrates, dado como morto no Vale da Morte, aparece na Mansão Kido para tomar a Máscara de Sagitário. No meio da briga, Saori acaba seqüestrada pelo Cavaleiro enviado por Ares.

17. Temos que Salvar Saori
Dócrates ordena que os quatro Cavaleiros o encontrem no Coliseum. Seiya, Shun e Hyoga enfrentam o gigante. Usando os ensinamentos do Mestre Cristal, o Cisne consegue congelar as pernas de Dócrates para Seiya e Shun liquidarem com o enviado de Ares. Porém, Shiryu e Kiki não conseguem recuperar as outras partes da armadura de Sagitário.

18. Os Cavaleiros do Abismo
Saori e os Cavaleiros ficam sabendo que forças ocultas agem no Santuário. Ares ordena a Jigars para recuperar a Máscara da Armadura Dourada e liquidar com Seiya e seus companheiros. Jigars recorre a Shina, que sugere a utilização de Jisty e seus Cavaleiros Fantasmas. Os enviados do mal dominam um petroleiro e exigem que os quatro Guerreiros levem a Máscara Dourada.Seiya, Shiryu, Hyoga e Shun conseguem deter o Medusa, o Golfinho e o Serpente Marinha, que são salvos por Jisty.

19. A Ilha do Espectro
Os Cavaleiros seguem para a Ilha do Inferno para recuperar o Capacete da Armadura. Lá, os Cavaleiros Fantasmas são derrotados. Na Fortaleza, Seiya vence Jisty e recupera a parte roubada da Armadura.

20. A Traição do Senhor dos Gelos
Marin ouve no Santuário, que o Mestre Cristal, após ter sido chamado por Ares na Grécia, sofreu uma grande transformação ao receber o Satã Imperial. Shun segue com Saori e a Máscara de Sagitário para um esconderijo. Seiya, Shiryu e Hyoga vão perguntar aos seus Mestres se eles sabem sobre o que acontece no Santuário. Nas ruínas gregas, Shina enfrenta o Pégaso, que é salvo por Marin. Hyoga chega na Sibéria e encontra seu Mestre totalmente mudado.

21. A Pirâmide de Gelo
Shiryu encontra seu Mestre nos 5 Picos de Rosan. O Ancião conta que um novo Mestre substituiu o antigo que havia morrido.Na Sibéria, Hyoga enfrenta Cristal. O Cisne vence seu Mestre, que antes de morrer volta a si.

22. O Cavaleiro das Chamas
Jigars junto do Cavaleiro do Fogo localizam Saori. Shun tenta enfrentá-los, mas acaba envolto em chamas. Quando tudo parecia perdido, das labaredas surge Ikki de Fênix. Rapidamente o irmão de Shun aplica seu Golpe Fantasma no Cavaleiro do Fogo, que morre. Jigars foge apavorado.

23. O Anjo da Morte
Piton manda Marin atrás de Seiya. A Amazona vai para o Japão acompanhada de Misty. Na pátria, Seiya enfrenta Misty, mas é Marin quem golpeia fatalmente seu pupilo. Tudo não passava de uma farsa. O Cavaleiro de Lagarto saca e volta a lutar contra Seiya.

24. O Vôo de Pégaso
Achando que sua Força Demoníaca havia liquidado com Seiya, Misty resolve tomar um banho no mar. Mas o Pégaso estava vivo. De volta à batalha, o Cavaleiro de Prata é liquidado por Seiya.
Chegam mais dois Guerreiros Prateados, Mouses e Asterion. Eles descobrem que Marin ajudara Seiya a vencer Misty. Acusada de traidora a Amazona é presa para atrair o Pégaso.
Seiya parte para o combate. No meio da briga, os Cavaleiros de Prata revelam que Marin é a irmã desaparecida de Seiya. Ao ouvir a noticia, o Pégaso revitaliza seu cosmo e extermina com Mouses.

25. A Revelação
Seiya ainda precisa vencer Asterion para poder salvar Marin. O Cavaleiro de Prata usa seu Ataque de Milhões de Fantasmas atordoando Seiya. Marin se solta e com seu Águia de Fogo termina com a luta.
O Pégaso reencontra os amigos nas ruínas do Coliseum. Tatsumi revela que Saori é a reencarnação da Deusa Atena. Logo após a revelação, surge Babel de Santouro, outro Cavaleiro de Prata. E mais, durante a luta aparecem outros três Cavaleiros desconhecidos.

26. Os Cavaleiros de Aço
Com uma força dos Cavaleiros de Aço, Hyoga consegue liquidar com Babel. No Santuário, Piton envia Shina, Argos de Perseu e Espartan atrás de Seiya & Cia. A caminho da Grécia, os Cavaleiros de Prata atraem os heróis para uma Ilha.

27. O Escudo da Medusa
Shun é transformado em pedra pelo Escudo da Medusa de Argos. Shina é vencida por Seiya, mas este também é transformado em pedra. Sobra apenas Shiryu, que graças ao seu escudo não virou estátua.

28. O Golpe de Misericórdia do Dragão
Shiryu fura seus próprios olhos para enfrentar Argos. Cego e direcionado pelo cosmo de Atena, o Dragão derrota o Cavaleiro de Prata. Seiya e Shun voltam ao normal. Spartan apavorado foge com Shina. De volta ao Japão, Seiya e os demais ficam sabendo que os Cavaleiros de Aço foram criados em segredo por Mitsumasa Kido para ajudá-los.

29. O Seqüestro de Saori
Shiryu volta a Rosan para se recuperar. Na Fundação, Seiya se desentende com Ikki bem na hora que Jamian de Corvo seqüestra Saori. O Pégaso localiza o Cavaleiro de Prata, mas não consegue salvar Atena.

30. O Cosmo Flamejante do Amor
Seiya consegue soltar Saori dos Corvos. Em queda-livre, Seiya faz o impossível para salvar Atena. Shina aparece para matar o Cavaleiro de Bronze. Encurralado, o herói salta montanha abaixo com Saori nos braços. Pela manhã, quando Shina os localiza ela vê a Deusa agradecendo Seiya por ter salvo sua vida. Enciumada, a Amazona acaba com a farra. Shun e Hyoga chegam ao local e derrotam Jamian. Shina desaparece após ser atingida pelo Cisne.

31. A Fronteira Entre a Vida e a Morte
Mais dois Cavaleiros de Prata aparecem. Kapela e Dante quase matam os dois Cavaleiros de Bronze. Entretanto, Ikki surge para defender Saori. Dante é liquidado pelo Ave Fênix, depois Kapela de Auriga é mandado para o Mundo dos Mortos com o Golpe Fantasma. Dante ainda tenta voltar à luta, mas Shun dá conta dele.

32. A Explosão da Ilha da Rainha da Morte
Ikki volta à Ilha da Rainha da Morte, onde enfrenta Jango e o Fênix das Trevas. Fortificado pelo Espirito de Esmeralda, o mais forte dos Cavaleiros de Bronze detona com seus adversários.

33. As Lágrimas do Dragão Cego
Shiryu recebe em Rosan a visita de Oko, antigo discípulo do Mestre Ancião. O rapaz voltara para enfrentar o Cavaleiro de Dragão e provar ser o mais forte. Enquanto isso, Seiya parte em busca da Água da Vida.

34. Adeus Companheiro, Descanse em Paz
Mesmo cego, Shiryu mostra ter um cosmo muito maior que Oko, que acaba vencido. Na Fundação Kido, a Máscara de Sagitário se une ao resto da armadura e afunda num lago.

35. A Esperança de Seiya
Após vencer o Cavaleiro de Prata Aracne de Tarântula, Seiya consegue pegar a Água da Vida e pede para Kiki levá-la para Shiryu.

36. Doze Armaduras de Ouro
Ares convoca Miro de Escorpião para liquidar os Cavaleiros de Bronze. A cruel Santidade diz sobre a existência de 12 Cavaleiros de Ouro, fato que poucos conheciam. No hospital onde se recuperava, Seiya é atacado por Shina. A Amazona confessa ser apaixonada pelo Pégaso. O caso é que como ele viu seu rosto, ela teria que amá-lo ou matá-lo. Achando jamais seria correspondida, Shina resolveu matar seu amado.
No Santuário, Aioria de Leão se oferece para enfrentar os Cavaleiros de Bronze.

37. A Decisão da Máscara
Shina segue lutando contra Seiya. A Amazona só pára com a chegada de Aioria. Percebendo que o Cavaleiro de Ouro estava lá para matar o Pégaso, Shina resolve enfrentá-lo e é ferida. Aioria dispara sua Cápsula do Poder contra Seiya, mas Shina se joga na frente salvando o Cavaleiro de Bronze. Tocado pelo sacrifício da Amazona, Aioria desiste de matar Seiya, que agora quer briga. O Cavaleiro de Ouro já estava levando a Amazona para o Santuário quando três Cavaleiros de Prata surgem. Mas Argeti, Dios e Sirius se dão mal. Seiya usando a Armadura de Sagitário detona com o trio.

38. Ataquem Cavaleiros de Ouro
Vestindo a Armadura de Sagitário, Seiya enfrenta o Cápsula do Poder de Aioria. Shun e Hyoga também chegam ao local e contam que o Santuário está dominado pelas forças do mal. Atena e o Espirito de Aioros revelam que Ares está do lado das trevas. Saori conta que Aioros a salvara de ser morta pelo Mestre. Convencido, Aioria volta para a Grécia para tirar satisfações com Ares. A Armadura de Sagitário deixa Seiya e indica que os Cavaleiros de Bronze devem ir para o Santuário.

39. Shiryu Contra a Máscara da Morte
Chega em Rosan, o Máscara da Morte. Enviado por Ares, o Cavaleiro de Câncer estava lá para matar o Mestre Ancião. Mesmo cego, Shiryu encara o Guerreiro Dourado. Sorte Mu, o Cavaleiro de Ouro de Áries, ter chegado ao local e impedido a morte de Shiryu. Câncer decide voltar para o Santuário.

40. A Partida
No caminho para o aeroporto, Shun é detido por June de Camaleão. A Amazona conta que a Ilha de Andrômeda foi devastada pelo Cavaleiro de Escorpião. Para complicar, Spika e Red, dois outros Cavaleiros vindos da Ilha destruída, resolvem matar Shun em troca do perdão do Mestre Ares.

41. A Crise de Atena
Shun dá conta dos dois Cavaleiros e segue para o Santuário junto dos demais. No caminho, Saori revela a existência de doze Cavaleiros de Ouro e que Ares pode ser o Cavaleiro de Gêmeos. Nisso, Aioria tenta desmascarar Ares. Shaka de Virgem também chega na sala e enfrenta o Leão.
Os Cavaleiros de Bronze, inclusive Shiryu, chegam ao Santuário. Às portas das 12 Casas Zodiacais, Saori recebe de Sagita uma flechada no coração.

42. Cosmo Final
Para salvar Saori, os Cavaleiros de Bronze terão que atravessar as 12 Casas Zodiacais protegidas pelos Cavaleiros de Ouro, para chegarem à Sala do Mestre em apenas 12 horas.
A primeira Casa é a de Áries, mas Mu, seu guardião, não oferece resistência. Muito pelo contrário, ele conserta todas as armaduras de bronze.
Mu avisa aos Cavaleiros de Bronze que eles precisarão elevar seus cosmos até ao sétimo sentido, para enfrentar os Cavaleiros de Ouro.

43. Batalha na Casa de Touro
A posição de ataque e defesa de Aldebaran se mostra inabalável. Lembrando dos ensinamentos de Marin, Seiya percebe que havia uma maneira de desviar do grande chifre e ao mesmo tempo golpear seu oponente.

44. Gêmeos, o Labirinto de Luz e Sombra
Seiya eleva seu cosmo, e desviando do golpe de Aldebaran, quebra o chifre esquerdo do capacete do Cavaleiro Dourado. O Touro permite que o Pégaso siga, mas os demais têm de vencê-lo para ir em frente. Hyoga, Shiryu e Shun unem seus golpes e paralisam Aldebaran.
Na Casa de Gêmeos, os Cavaleiros não conseguem encontrar a saída. Até que eles notam a existência de dois Templos de Gêmeos. Seiya e Shiryu vão para um e Shun e Hyoga para o outro.

45. Enviados Para Uma Outra Dimensão
Hyoga e Shun encaram o Cavaleiro de Gêmeos. Na outra Casa, Shiryu e Seiya também se deparam com Gêmeos. Por estar cego, Shiryu sente que na verdade havia apenas a Armadura Dourada lá. O Dragão arrasta o companheiro para a saída da Casa. No outro Templo, Shun e Hyoga são mandados para outra Dimensão. Graças às suas Correntes Nebulosas, Andrômeda escapa, porém o Cisne fica preso na outra Dimensão.

46. A Corrente Nebulosa de Andrômeda Ataca Desta Vez
Ikki envia sua cosmo energia para quebrar a concentração de Ares e volta a adormecer dentro do vulcão, onde se recupera. Gêmeos volta a atacar. Desta vez Andrômeda consegue enviar sua Corrente além da outra Dimensão, atingindo Ares. Shun segue para a próxima Casa. Hyoga cai no Templo de Libra.

47. O Corajoso Hyoga Descansa em Paz
Kamus de Aquário enfrenta Hyoga na Casa de Libra. O Cavaleiro de Ouro que foi o treinador do Mestre Cristal usa sua Execução Aurora contra o Cisne. Hyoga é vencido e preso no esquife de gelo eterno.

48. O Dragão Volta do Mundo dos Mortos
Seiya e Shiryu chegam na Casa de Câncer que era toda forrada com cabeças de pessoas mortas pelo Máscara da Morte. Furioso, o Dragão manda Seiya seguir para a próxima Casa pois ele quer combater Câncer. O Máscara da Morte lança Shiryu no Mundo dos Mortos com seu Mergulho dos Espíritos. Ajudado pelo cosmo de Atena, o Dragão retorna da morte para continuar a luta contra o Cavaleiro de Câncer, que mais uma vez manda o herói para junto do yomatsu.

49. Shunrei Reza por Shiryu
Graças às orações de Shunrei, o Cavaleiro de Dragão se recupera. O Máscara da Morte vai ao Mundo dos Mortos garantir que seu adversário morra de uma vez

50. Levante-se Dragão
A Armadura de Ouro deixa o corpo de Câncer. Shiryu também tira sua armadura e libertando um poderoso Cólera do Dragão derrota o Máscara da Morte. Em seguida, seu espírito volta ao seu corpo. Shun encontra o Dragão, que recuperou sua visão.

51. Por Que Leão Tenta Matar Seiya?
Seiya chega na Casa de Leão, onde encontra um mudado Aioria. O Cavaleiro de Leão está determinado a matar o Pégaso. Os Meteoros de Seiya nada fazem contra a Cápsula do Poder e o Relâmpago de Plasma de Aioria. Nas proximidades do Santuário, Marin é pega por Jacob. Para vencer seu gigantesco oponente, a Amazona salta com ele montanha abaixo. Durante a queda, Marin envia seu cosmo para Seiya, que pela primeira vez evita os golpes de Aioria.

52. O Golpe Satânico de Ares
Cassios, que cuidava de Shina, percebe o quanto sua Mestra era apaixonada por Seiya e decide ajudá-lo. Na verdade, o monstrengo amava há tempos Shina. Cassios também sabia que Aioria fora acertado pelo Satã Imperial do Mestre Ares. O Leão só voltaria ao normal quando matasse alguém.

53. Cassios Morre por Amor
O Pégaso estava quase morto. Cassios chega na quinta Casa e salta na frente de Seiya recebendo a Cápsula do Poder. Em seguida, ajudado pelo cosmo de Atena, o Cavaleiro de Pégaso atinge seus Meteoros contra Aioria que volta ao normal. Porém Cassios não resiste e morre.

54. Ikki, a Ave Fênix Sem Asas
Ikki sai do vulcão e enfrenta dois Cavaleiros de Prata, Shiva e Ágora.

55. O Grito de Atena
Ágora de Lótus e Shiva de Pavão seguem enfrentando o Fênix. Ikki não conseguia acertar seus oponentes porque Shaka estava lançando seu cosmo para paralisá-lo. Atena corta a concentração do Cavaleiro de Virgem. Ikki pode exterminar Shiva e Ágora com um único Ave Fênix.

56. Shaka, o Cavaleiro Mais Próximo do Grande Mestre
Seiya, Shun e Shiryu entram na Casa de Virgem onde são facilmente repelidos por Shaka. Quando o Cavaleiro de Ouro já ia arrancar a cabeça de Andrômeda, Ikki chega no sexto Templo. Shaka lança Ikki nos seis mundos do Sei San Sara.

57. Shaka Abre os Olhos
Shaka tortura Ikki fazendo-o relembrar de seu passado sofrido. Diante da força do Fênix, o Cavaleiro de Virgem aplica o Tesouro dos Céus. Ikki fica sem seus cinco sentidos.

58. Ikki morre Corajosamente por Amizade
Shaka abriu seus olhos, o que quer dizer que ele elevara até o sétimo sentido. Mesmo sem seus sentidos e recebendo mais um Tesouro dos Céus, Ikki iguala seu cosmo ao do Cavaleiro Dourado e vence Shaka. Infelizmente os dois acabem mortos.

59. Hyoga Volta à Vida
Shina fica sabendo da morte de Cassios e decide ajudar os Cavaleiros de Bronze. Na sétima casa, Seiya, Shiryu e Shun encontram Hyoga preso num esquife de gelo. A Armadura de Libra surge para Shiryu escolher dentre seus seis pares de armas a certa para libertar o Cisne. O Dragão escolhe a espada. Com um golpe certeiro Hyoga é libertado. Enquanto Seiya e Shiryu rumam para o próximo Templo, Shun fica para reanimar seu amigo usando sua cosmo energia.

60. O Renascer de Hyoga
Miro de Escorpião é o guardião da oitava Casa Zodiacal. Até unindo o Meteoro de Pégaso ao Dragão Nascente o Cavaleiro Dourado não é detido. Pior, Miro fere gravemente os dois Santos Guerreiros com sua Agulha Escarlate. Em cima da hora, Hyoga, recuperado, se apresenta para o combate.

61. Renda-se ou Morrerá
Hyoga prende Miro com seu Circulo de Gelo. Depois, o Cisne ordena Shiryu e Seiya que sigam em frente levando Shun (desmaiado por ter usado seu cosmo para reviver o amigo).
Tatsumi e os Cavaleiros de Bronze menores chegam ao Santuário para proteger Atena. O Cisne tenta congelar seu oponente, mas não consegue. O Escorpião acerta os pontos vitais de Hyoga com sua Agulha Escarlate.

62. Hyoga, o Guerreiro Corajoso
Hyoga dispara o seu Trovão Aurora. Mas o golpe nada faz no Cavaleiro de Ouro. Apesar de todo o sangue perdido, Hyoga segue lutando. Diante da coragem do Cisne, Miro entende que de fato o Cavaleiro de Bronze lutava por Atena. O Escorpião pára a luta, e ainda acerta outro ponto de Hyoga, estancando o sangramento. Na Casa de Aquário, Kamus aguarda o pupilo do Mestre Cristal.

63. Todas as Armaduras Douradas Reuniram-se no Santuário
Tatsumi coloca nas mãos de Saori seu Cetro, que atrai a armadura de Sagitário. O Cetro e a Armadura juntos ressoam fazendo todas as vestes sagradas brilharem. Ares, na sua sala, também sente o poder das Armaduras. A Armadura de Sagitário volta para seu Templo. Seiya (carregando Shun) e Shiryu entram na Casa de Sagitário. Para a surpresa deles, a vestimenta sagrada lança sua flecha contra o Pégaso.

64. Juramos Proteger Atena
A flecha atinge a parede da Casa revelando uma passagem secreta. No mesmo instante Shun recobra a consciência e Hyoga entra no Templo. Juntos os Defensores de Atena passam pelas armadilhas da Casa. Os quatro chegam até o fim da Casa de Sagitário, onde estava o testamento de Aioros.

65. A Espada Sagrada Ruge
Os Cavaleiros de Atena chegam na Casa de Capricórnio. Logo na entrada, uma enorme fenda é aberta no chão separando Shiryu do resto do grupo. Shura de Capricórnio conta ter enfrentado Aioros quando este tentava salvar Atena. Inconformado, Shiryu encara a Excalibur do Cavaleiro de Ouro.

66. Shiryu se Transforma Numa Estrela Cadente
Sem a sua Armadura de Bronze, Shiryu segue enfrentando Shura. O Dragão permite que Shura enterre a mão em seu peito. Shiryu arranca o braço de Capricórnio e aplica o Dragão Final, a técnica proibida pelo Mestre Ancião, e salta para as estrelas levando consigo Shura. Antes de morrer, o Cavaleiro de Capricórnio se arrepende.

67. Adeus ao meu Mestre e aos meus Amigos
Na Casa de Aquário, Hyoga volta a se degladiar com Kamus. Seiya e Shun seguem para a próxima Casa. O Cavaleiro de Bronze é avisado por Kamus que só poderá vencê-lo se alcançar o zero absoluto. Hyoga recebe uma forte rajada de Execução Aurora. O Cavaleiro de Aquário volta a prender o Cisne no esquife de gelo. Mas, Hyoga implode o caixão com seu cosmo. O Guerreiro do Gelo eleva sua cosmo energia até o sétimo sentido. Inconsciente e com sua armadura destruída, Hyoga consegue atingir o zero absoluto e disparar a Execução Aurora contra a de Kamus. Com a explosão os dois morrem.

68. Um Maravilhoso Guerreiro: Afrodite
Seiya e Shun chegam na última Casa Zodiacal. O Pégaso corre para a Sala do Mestre, enquanto Andrômeda enfrenta Afrodite de Peixes. O que Seiya não esperava era encontrar as escadas repletas de rosas venenosas. O Pégaso não resiste e desmaia.

69. Doce Aroma de Morte
Shun ao saber que Afrodite matara seu Mestre Albior, na Ilha de Andrômeda, explode seu cosmo. O irmão de Ikki consegue rebater as Rosas Diabólicas de Afrodite. Depois, com sua Onda Relâmpago atinge o Cavaleiro de Peixes.

70. Durma em Paz Shun
Afrodite usa a Rosa Piranha. A flor negra destrói as Correntes e a Armadura de Andrômeda. Mas Shun elevando seu cosmo até o sétimo sentido, e mesmo atingido por uma das Rosas Brancas no coração, lança sua Tempestade Nebulosa e vence Afrodite. Andrômeda sem forças cai morto. No caminho para a Sala do Mestre, Marin e Shina acabam com Piton e seus capangas. A Amazona de Águia, assim pode seguir para salvar Seiya.

71. O Relógio de Fogo se Extingue
Marin reanima Seiya, que chega na Sala de Ares. Para sua surpresa, o Mestre se mostra uma pessoa generosa. Ele é Saga de Gêmeos. Seiya quer levá-lo para retirar a flecha de Atena, mas o Mestre diz que para Saori não morrer, o Cavaleiro de Bronze terá que chegar no Templo de Atena e refletir o Escudo da Justiça contra o Relógio de Fogo. Quando Seiya deixava a sala, Saga sofre uma transformação. Seus cabelos mudaram de cor e a face perversa de Gêmeos, Ares, aflora. Vestindo sua Armadura Dourada o Mestre ataca o Pégaso.

72. Não Perca seus Amigos Seiya
Ares tira todos os sentidos de Seiya. Na Casa de Áries, Shaka pede para Mu ajudar a ressuscitar ele e Ikki. Na Sala do Mestre, Seiya segue apanhando de Ares. Mas o Fênix chega para ajudá-lo. O Pégaso segue para o Templo de Atena guiado pelo cosmo de seus amigos mortos. Gêmeos tenta enviar Ikki para a outra Dimensão, mas não consegue. Ares golpeia o Fênix mais uma vez e corre atrás de Pégaso. Seiya pega o Escudo de Ouro nas mãos e fortificado pelo cosmo de Atena consegue parar o Relógio de Fogo, mesmo sendo acertado outra vez por Ares. O Cavaleiro de Gêmeos já cantava vitória, mas...

73. Amigos, Reunam-se com Atena
A flecha dourada desapareceu. Atena está salva. Ares ensandecido continua a lutar com Seiya e Ikki. Enquanto isso, Saori sobe pelas 12 Casas onde é recebida pelos Cavaleiros de Ouro remanescentes e ressuscita os Cavaleiros de Bronze mortos.
Todos chegam até o Templo de Atena. Ares parece ser invencível. Nem mesmo a Execução Aurora, o Cólera do Dragão e a Tempestade Nebulosa combinados conseguem detê-lo. Gêmeos até desafia os demais Cavaleiros de Ouro. Seiya se levanta, e tendo os cosmos de seus amigos unidos ao seu, dispara um poderoso Meteoro de Pégaso. Mas por incrível que parece, Ares retorna. Diante de Atena, a Armadura de Gêmeos deixa o corpo do Mestre. Mesmo assim, ele ataca a Deusa. Ares é acertado fatalmente pelo Cetro de Saori. Já morrendo, Saga volta ao normal e implora perdão. Em seguida, Saori toma Seiya em seus braços, para que seu fiel Cavaleiro descanse em paz...



Segunda Fase: Asgard

74. Inimigos do Pólo Norte
Em Asgard, no extremo norte da Europa, Hilda de Poláris reza para Odin olhar por seu povo. Mas uma entidade misteriosa domina a mente da Senhora das terras geladas com o anel Nibelungo.
Hilda convoca seus sete Guerreiros Deuses. Shido de Mizar é enviado para matar Atena, porém antes o Guerreiro de Asgard passa pelo Santuário e arrasa com Aldebaran de Touro.
Saori estava sendo atacada. Shun e Seiya, usando suas Armaduras de Bronze, chegam para defender a Deusa. Os dois enfrentam Shido, que é obrigado a recuar com as chegadas de Ikki, Shiryu e Hyoga. Saori resolve ir até Asgard para saber o que está acontecendo.

75. Hilda, A Deusa Enfeitiçada pelo Diabo
Hyoga chega a Asgard, onde Fler, a irmã de Hilda conta que a representante de Odin na Terra mudou repentinamente. Saori, Seiya, Shun e Kiki também chegam nas terras geladas. Fler conta que sem a proteção do cosmo de Hilda, todo o gelo de Asgard e do Polo Norte derreterão, causando grandes devastações pelo mundo. Os Defensores de Atena encontram Hilda e seus Guerreiros Deuses. Atena percebe que a Senhora de Asgard está usando o anel Nibelungo. A única maneira de fazer Hilda voltar ao normal é retirando a jóia amaldiçoada. Saori usa seu cosmo para conter o degelo polar. Os Cavaleiros terão de enfrentar os Guerreiros Deuses e pegar as Safiras de Odin.



76. O Cosmo de Thor está Cheio de Ódio
No caminho para o Palácio Guaruhara, Seiya, Hyoga e Shun encontram o primeiro Guerreiro Deus, Thor. O protegido da Estrela Gama ataca com seu Martelo Mionir e seu Hércules Titânico. O gigantesco Guerreiro de Fekda leva vantagem contra os heróis, mas Seiya não desiste.

77. Thor Morre por Hilda
O Pégaso eleva ao máximo seu cosmo e consegue desviar do Hércules Titânico do Guerreiro de Hilda, para vencê-lo em seguida com um golpe Meteoro certeiro. Shiryu, que também chegou em Asgard, explica aos companheiros que as sete Safiras de Odin quando unidas despertarão a Espada Balmung, a única arma capaz de quebrar o anel Nibelungo.

78. Fenrir! O Lobo do Norte Mostra seus Caninos
Os Cavaleiros se separam e combinam encontrar-se no Palácio Guaruhara. Shiryu recorda que quando enfrentou Shura, o Cavaleiro de Ouro, para poupar a vida do Dragão, lhe transferiu a Armadura de Capricórnio. Desta forma, Shiryu não morreu com seu Dragão Final. Junto das cachoeiras congeladas de Asgard, o pupilo do Mestre Ancião encontra Fenrir e uma alcatéia de lobos. As Garras do Lobo Assassino deixam o Defensor de Atena parcialmente cego.

79. Pobres Lobos do Norte
Fenrir conta que anos atrás viu seus pais serem devorados por um urso. Abandonado por todos, foi salvo pelos lobos. E assim cresceu com eles. Com o tempo se tornou um exímio caçador e acabou escolhido por Hilda para ser o Guerreiro Deus de Arioto. Mas o protegido pela Estrela Épsilon não contava com a força do Dragão Shiryu.

80. Lamentos do Gelo
O Dragão Nascente colide com as Garras do Lobo Imortal. Mas é com o Cólera do Dragão que Shiryu destrói a cachoeira congelada que soterra Fenrir. Hyoga encontra Hagen de Merak. O novo adversário impressiona o Cisne com seu ar congelante, tão forte quanto o Pó de Diamante.

81. A Batalha Mortal de Fler
A batalha entre Hyoga e Hagen se desloca para dentro das cavernas subterrâneas de Asgard. O Guerreiro Deus também controla o calor. O protegido da Estrela Delta não lutava só por Hilda, ele estava enciumado porque sabia da amizade entre o Cisne e Fler, a quem amava. Kiki sente o combate e avisa a irmã de Hilda, que ruma para as cavernas.

82. Cisne Ergue-se do Inferno Ardente
Devido ao calor, Hyoga não está conseguindo evitar os golpes de Hagen com seu ar gelado. Fler chega na caverna e tenta convencer o Guerreiro Deus de desistir da briga. Mas Hagen prefere lutar e até chega a golpear sua amada. Hyoga se vê obrigado a detonar o Raio de Fogo de Hagen com um poderoso Trovão Aurora. Os Defensores agora têm três Safiras de Odin.

83. Harpa Misteriosa! Prelúdio Tenta Enviar Shun Para a Morte
Fler é levada para uma cabana por Kiki para se recuperar. No caminho para o palácio, Seiya lembra que as Armaduras de Bronze foram revividas com o sangue dos Cavaleiros de Ouro e remodeladas por Mu. Shun é atraído por uma bela e triste melodia tocada por Mime de Benetona. Andrômeda tenta evitar a briga. Mas o Guerreiro Deus mostra como seu cosmo de Éta é poderoso.

84. Réquiem de Cordas
Por causa do gélido cosmo de Mime, Shun percebe que sua Armadura e suas Correntes eram inúteis e as retira. Nem a Tempestade Nebulosa foi capaz de vencer o Guerreiro Deus que contra-ataca com seu Réquiem de Cordas. Shun começa a ser estrangulado pelas cordas da harpa de Mime, mas Ikki interfere e salva o irmão.

85. Um Guerreiro Triste e Corajoso
Agora a briga é entre o Fênix e o Guerreiro de Benetona. Ikki descobre porque o cosmo de Mime era tão frio. O Guardião de Hilda, ainda garoto, havia matado Folk, seu pai adotivo, depois de descobrir que este matara seus pais verdadeiros. Usando o Golpe Fantasma em Mime, Ikki faz o Guerreiro de Asgard lembrar de como Folk o amava e o remorso que sentia por tê-lo matado.

86. Fênix e Suas Asas Ardentes
Mime quase vence Ikki com seu Réquiem de Cordas, mas o Defensor de Atena revida com o Ave Fênix. O Guerreiro Deus retira sua Armadura e encara o irmão de Shun. Os dois se golpeiam, Mime cai morto. Ikki ordena que Andrômeda siga em frente e logo depois desmaia.

87. A Couraça Ametista
Chega a vez de Alberishi entrar na briga. Marin é a primeira a enfrentá-lo e acaba presa dentro da Couraça Ametista. Seiya os encontra e se desespera ao ver sua Mestra morrendo.

88. A Espada de Fogo! A Ambição Maligna
Seiya não pode matar Alberishi, caso contrário Marin nunca será libertada do esquife de ametista. O Pégaso também é pego pela Couraça de Ametista. Hyoga chega no local e vê seus amigos aprisionados.

89. O Sacrifício Para o Mal! A Floresta dos Espíritos
Hyoga ia ser aprisionado na Couraça Ametista quando Shiryu salva o amigo com o Escudo do Dragão. Alberishi conta que seu décimo terceiro antecessor foi vencido por Dohko, o Mestre Ancião, vários anos atrás.

90. Não Olhe Para Trás Seiya
Alberishi usa a Unidade da Natureza contra Shiryu. Guiado telepaticamente pelo Mestre Ancião, o Dragão consegue neutralizar seu cosmo e se transforma num elemento da natureza. O golpe do Guerreiro de Mergures se torna inútil. Shiryu nota que Alberishi queria para si as Safiras de Odin e ter em suas mãos a Espada Balmung, e assim dominar Asgard.
Para concentrar mais seu cosmo, o Dragão tira sua Armadura e dispara seu Golpe por dentro da Couraça Ametista. Alberishi é vencido. Seiya e Marin são libertados e Hyoga desperta.

91. O Segredo de Shido de Mizar
Shun é o primeiro a entrar no Palácio Guaruhara, onde Shido o aguarda. Hyoga e Seiya também chegam ao local. Andrômeda luta contra o Guerreiro Deus para seus amigos encontrarem Hilda. Shina chega em Asgard e encontra Marin. A Amazona de Águia revela que Shido possui uma sombra protetora: Bado, o irmão gêmeo do Guerreiro Deus. Shina corre para avisar os Cavaleiros do segredo.

92. Shun Tenta um Último Golpe
Shun quase morre. Andrômeda retira sua Armadura para poder lançar sua Tempestade Nebulosa contra Shido, que é vencido graças a Shina. A Amazona chegou em cima da hora para evitar que Andrômeda fosse atingido pelo Golpe de Bado. A sombra de Mizar se mostra. Shina tenta eliminar o Guerreiro de Arcor mas nada consegue. Sorte Ikki aparecer.

93. Bado e Shido, os Gêmeos do Destino
Ikki enfrenta as Garras do Tigre das Sombras. Bado conta que fora abandonado por seus pais, pois em Asgard acreditava-se que ter gêmeos era sinal de maldição. Assim, Shido cresceu junto de seus pais, enquanto Bado cresceu com um aldeão nas gélidas florestas. Já adulto, Bado recebeu a Armadura do Deus Arcor, mas não foi nomeado Guerreiro de Zeta por Hilda. O titulo ficou com Shido de Mizar. Bado só assumiria a condição de Guerreiro Deus se seu irmão morresse.

94. Laços Entre Irmãos
Ikki e Shun enfrentam Bado e Shido. O Guerreiro de Mizar segura o Fênix para que seu irmão liquide com o adversário. Mas Bado sabia que para matar Ikki mataria Shido e não ataca. O Guerreiro de Mizar não resiste aos ferimentos já sofridos e sai carregado pelo irmão, que após ter recebido o Ave Fênix também não resiste. A estrela gêmea de Zeta se apaga.

95. O Herói da Lenda Reviveu
Resta apenas Siegfried. Seiya é o primeiro a enfrentá-lo. Shun, Ikki e Hyoga também encontram o último Guerreiro Deus. Uma fantástica batalha entre o Fênix e o Guerreiro Deus tem inicio. Mas Siegfried consegue se sobrepor a Ikki. O mesmo acontece com Andrômeda e Cisne. Seiya volta para a luta. O Guerreiro Deus dispara seu Vendaval do Dragão que acerta o Pégaso e Shina, que tentava defender seu amado.

96. Dragões em Luta
Shiryu chega até o Palácio. O Cavaleiro de Bronze sabia da lenda sobre Siegfried, o qual após ter sido banhado pelo sangue de um dragão mitológico ficou invulnerável. Por isso, Shiryu estava determinado a usar o Dragão Final. Porém, o Guerreiro de Alfa impede a investida e ainda acerta o Vendaval do Dragão em Shiryu. Com ajuda do Mestre Ancião, o Dragão descobre o ponto fraco de Siegfried. Exatamente quando o Guerreiro disparava seu ken, ele deixava seu coração à mostra. Era o único ponto em que o lendário Guerreiro não foi banhado por sangue, seu único ponto fraco. Pena a Armadura de Doube ter evitado a morte do Defensor de Hilda.

97. Um Bruxo do Mar! A Canção da Morte
Conhecendo o ponto fraco de Siegfried, Seiya volta a enfrentá-lo. Mas foi preciso a união dos cosmos dos cinco Defensores de Atena para derrubar o Guerreiro Deus. Surge Sorento de Sirene, um dos Generais de Poseidon e revela que foi o Deus Marinho quem colocou o anel Nibelungo em Hilda para ela livrar a Terra dos Cavaleiros de Atena. Siegfried se enfurece, entrega sua Safira para Seiya e se sacrifica para matar Sorento.

98. A Milagrosa Aparição da Armadura de Odin
Unindo as sete Safiras, surge a Armadura de Odin. Seiya a veste e empunhando a espada Balmung parte para arrancar o anel Nibelungo de Hilda.

99. Atena! Minha Oração por VocêGuiado por Odin, Seiya quebra o anel Nibelungo de Hilda. A Senhora de Asgard volta ao normal. Em seguida, a Armadura de Odin deixa o Pégaso. Hilda eleva seu cosmo e devolve a harmonia em Asgard. Faltava resgatar Atena. Porém, a Deusa é levada para o fundo do mar, para o Reino de Poseidon.



Terceira Fase: Poseidon

100. Poseidon, o Imperador do Oceano
Chuvas torrenciais castigam a Terra. Seiya e Shun permaneceram em Asgard. Hyoga e Shiryu foram tentar descobrir mais sobre Poseidon e como chegar ao seu Reino. No fundo do mar, Saori descobre que Poseidon era o mercador Julian Solo, o qual havia a pedido em casamento. Entretanto, a Senhorita Kido recusou. No Reino Marinho, o rapaz volta a pedi-la em casamento, para juntos com Poseidon e Atena, governarem a Terra. Com uma nova negativa, o Rei dos Mares prende a Deusa num imenso Pilar, que será coberto por água. Hilda descobre antigas escrituras que indicavam a entrada para o Reino de Poseidon. Seiya e Shun não perdem tempo e vão à procura de Saori. No fundo do mar são recebidos pela Sereia Tetis, que é facilmente repelida. Mas eis que surge o Dragão Marinho.

101. Destruam Todos os Pilares dos Sete Mares
Seiya e Shun liquidam os soldados do Dragão Marinho. Mas o Marina não se preocupa e avisa que para salvar Atena eles precisarão enfrentar os sete Generais de Poseidon e destruir os Pilares que sustentam as águas do Reino Submarino. Depois ainda será preciso destruir o grande Suporte Principal onde Saori está presa. O Pégaso e Andrômeda se separam. Em Asgard, Hyoga salta para o fundo do mar. Seiya chega ao Pilar do Oceano Pacífico Norte protegido pelo General Bain, o Cavalo Marinho.

102. O Misterioso Brilho Dourado da Armadura de Bronze
Seiya é golpeado pelos Ventos de Furacão de Bain. Com a força do Assopro Marinho de Bain, o Pégaso é lançado para fora do oceano. Quando o seu corpo afundava, sua Armadura começa a emitir um brilho dourado. Seiya volta para o Pilar do Pacífico Norte. Para a surpresa do Marina, o Pégaso o acerta com uma Centelha de Meteoros. Shun chega a outro Pilar, onde surge a imagem de uma bela mulher, que se transforma em seis bestas. Usando a Corrente Circular, Andrômeda se defende do ataque. Em seguida, o General Io de Skilla, que guarda o Pacífico Sul, se apresenta.
No Pacífico Norte, a Armadura de Seiya fica dourada, graças ao sangue dos Cavaleiros de Ouro. Com mais um ataque de Meteoros, o Cavalo Marinho é vencido. Shiryu e Kiki também chegam ao Reino de Poseidon. O aprendiz de Mu encara Tetis para o Dragão poder ir ajudar os amigos.

103. Shun é Atacado Pelas Seis Bestas de Skilla
Os golpes de Seiya não são fortes o bastante para derrubar o Pilar. Mas chega Shina trazendo a Armadura de Libra, a mando do Mestre Ancião. A Amazona pede para Kiki levar a vestimenta dourada para os Cavaleiros de Bronze e fica para enfrentar a Sereia.
O Aprendiz de Mu encontra Seiya, que usando o Escudo de Libra, derruba o Pilar do Pacífico Norte. No Pacífico Sul, Shun sente na pele os ataques das Seis Bestas de Skilla. Mas Shun estava apenas estudando os golpes de Io. Quando o General lançou pela segunda vez seus monstros, a Corrente Nebulosa começou a repeli-los.

104. Morte às Bestas pela Poderosa Corrente Dourada
A Corrente de Andrômeda tem uma defesa para cada besta. A Abelha Rainha, a Águia Poderosa, a Serpente Assassina, o Ataque Vampiro, o Lobo e o Urso Infernal são repelidos pela Corrente Nebulosa. A Armadura de Io é destruída. Shun pretende derrubar o Pilar e depois libertar o General, que lança seu Tornado Violento.
Shiryu chega ao Pilar do Oceano Indico, onde enfrenta Krishina e sua Lança de Krisaor. Em outro ponto do Reino de Poseidon, Seiya encontra Marin e a segue. De volta ao Pacífico Sul, Shun eleva seu cosmo até o sétimo sentido fazendo sua Armadura ficar dourada.

105. Excalibur Habita no Braço de Shiryu
Preso pelas Correntes de Andrômeda, Io vê Shun usar o Tchaco de Libra para derrubar o Pilar do Pacífico Sul. O General tenta deter Andrômeda e acaba morrendo.
No Oceano Indico, o cosmo de Shura entre em contato com Shiryu. O Cavaleiro de Capricórnio revela ter colocado o Espirito de Excalibur no braço direito do Dragão. A Armadura de Shiryu também fica dourada, mas ele a atira para elevar seu cosmo e desperta a Excalibur. Com um golpe certeiro o Cavaleiro de Atena quebra a lança de Krisaor e a armadura de Krishina. O General, então, concentra seus sete shakras.

106. Seiya Encontra o Seu Ente Mais Querido
Ao disparar seu Dragão Nascente contra o General, Shiryu é atingido pelo Maha Roshini. O Cavaleiro fica parcialmente cego. Porém guiado pelo cosmo de Atena, Shiryu vê os sete pontos vitais de Krishina e os atinge com a Excalibur. Mais um General foi vencido.
No Atlântico Norte, Hyoga encontra Kamus. O Cisne desconfia que era alguém disfarçado. Mas depois de receber a Execução Aurora, Hyoga acredita que era seu Mestre. No mesmo Pilar, Seiya encontra Marin. A Amazona tira sua Máscara e diz ser Seika. Os dois se abraçam, mas Marin golpeia Seiya.
Shiryu recebe de Kiki a Armadura de Libra. O pequenino direciona o Dragão, que com a Espada de Libra faz o Pilar do Oceano Indico vir abaixo. Shun encontra Seiya e Hyoga desmaiados junto no Pacífico Norte, onde é atacado por Ikki.

107. Ryumunades, o Malvado
Shun é salvo por sua Corrente Nebulosa. O Cavaleiro descobre que Kasa de Ryumunades, o General do Pacífico Norte, assumiu as formas de Kamus e Marin para matar Seiya e Hyoga. Kasa assume a imagem de Ikki. Shun não consegue matar o General por achar que está atacando seu irmão. Kasa acerta sua Salamandra Satânica em Shun. De repente, o General se apavora com a aproximação de um poderoso cosmo. Ikki se apresenta e atinge Kasa com o Golpe Fantasma. O General se vê frente a ele mesmo. Em seguida, o enviado de Poseidon leva uma surra histórica do Fênix. Kasa ainda tenta derrubar Ikki assumindo a imagem de Shun. Mas o Fênix não se deixa enganar e vara o coração de seu oponente. Antes de morrer, Ryumunades descobre a fraqueza de Ikki: o amor por Esmeralda. Depois, o Fênix com o Tridente de Libra derruba mais um Pilar. Ikki segue sozinho para salvar Saori.

108. Isaak, o Homem que Esqueceu os Sentimentos
Hyoga desperta inconformado em se ter deixado levar por seus sentimentos. O Cisne chega no Pilar do Oceano Ártico, onde encontra Isaak. Os dois foram treinados pelo Mestre Cristal na Sibéria. Isaak queria ser um Cavaleiro de Atena. Hyoga, por sua vez, queria desenvolver sua cosmo energia para poder nadar até às profundezas do mar gelado, onde estava o navio que sepultava sua mãe.
O General fura o olho esquerdo do Cisne. Isso porque, ainda na Sibéria, Hyoga ao tentar chegar no navio foi pego pela correnteza. Para salvar o amigo, Isaak teve um olho perfurado e foi tragado para o fundo do mar. No fim, o antigo companheiro do Cisne foi nomeado por Poseidon o General de Kraken. Determinado a matar Hyoga, o Marina lança sua Aurora Boreal...

109. Tome Cuidado Ikki! Outra Triste Batalha Mortal
Kiki chega ao Pilar do Oceano Ártico com a Caixa de Libra. A Armadura do Cisne se torna dourada, fazendo o Cavaleiro reter o Aurora Boreal.
No Santuário, Mu explica para Aioria que os Cavaleiros de Ouro não devem deixar a Grécia. Caberia a Seiya e os demais salvarem Atena.
No Pilar do Ártico, Hyoga dispara a Execução Aurora contra Isaak. O General não resiste. Tomando nas mãos o cacetete de Libra, Hyoga derruba o Pilar. Antes de morrer Isaak revela o verdadeiro articulador daquela batalha. Ao saber, Hyoga mal consegue conter o ódio.

110. Ouça a Bela Canção de Atena
Ikki encontra o General Dragão Marinho. O Fênix percebe que a cosmo energia de seu oponente lhe era familiar. O Comandado de Poseidon dispara sua Explosão Galáctica levando o Cavaleiro ao chão. O General revela sua identidade. Ikki acha que ele era Saga, mas na verdade ele é Kanon de Gêmeos. O Dragão Marinho conta que não é dividido entre o bem e o mal como Saga. Ele é mau por inteiro. O Marina manda o Fênix para outra Dimensão com seu Triângulo de Ouro. Shina é a primeira a entrar no Palácio de Poseidon. O Deus mitológico, entretanto, abate facilmente a Amazona. Seiya e Shiryu voltam à ativa. No mesmo momento, Sorento resolve descobrir as verdadeiras intenções de Kanon. O General de Sirene percebe que o Dragão Marinho contava com as mortes de Poseidon e Atena para dominar a Terra. Mas o interrogatório termina, pois Shun chega ao Pilar do Atlântico Sul. Andrômeda tenta atingir o General com suas Correntes. Sorento retruca com sua Sinfonia Final da Morte. Shun é salvo pela Canção de Atena. De dentro do Suporte Principal, a Deusa canta uma linda melodia através do seu cosmo, que neutraliza o ataque de Sorento.

111. Amigos Quando Morrem, Morrem Juntos
Seiya entra no Palácio de Poseidon. O Pégaso tenta derrotar o Deus dos Mares, mas seus golpes voltam contra ele mesmo. Poseidon estraçalha a Armadura de Pégaso. O Cavaleiro só não morre porque Shiryu o defende com seu Escudo de Dragão.
Hyoga também chega ao Templo e tenta acertar o comandante dos Marinas. Poseidon lança seu cosmo contra os Cavaleiros destruindo as Armaduras do Cisne e do Dragão. No Santuário, Mu continua a ser pressionado por Aioria, Miro, Shaka e Aldebaran. Eles não entendem o porquê não podem ajudar os Cavaleiros de Bronze. Os Guerreiros Dourados, em meio à discussão, notam que a Armadura de Sagitário se dirige para o fundo do mar. O cosmo de Aioros leva sua veste sagrada para Seiya.
No Pilar do Atlântico Sul, Shun explode seu cosmo. Sua Armadura se tritura. Andrômeda lança contra Sorento sua Tempestade Nebulosa e vence seu adversário.

112. O Mistério do Renascer de Poseidon
Shun derruba o Pilar do Atlântico Sul. Já Seiya tenta golpear Poseidon. Mas, mesmo com a Armadura de Sagitário seus ataques sempre voltam contra ele mesmo.
Kanon sente que o Espirito do Deus dos Mares está sendo despertado durante a luta contra Seiya. O Dragão Marinho teme que seus planos venham por água abaixo, ainda mais quando Ikki volta da outra Dimensão. Após conter a Explosão Galáctica, o Fênix dispara seu Golpe Fantasma. Toda a verdade, então, vem à tona.
Kanon depois de tentar convencer Saga de dominar a Terra, foi trancado numa prisão submarina para morrer. Kanon sabia que seu irmão gêmeo possuía um lado negro. Dentro da caverna, o futuro Marina encontrou uma sala oculta. Nela estava o Tridente do Imperador dos Mares selado por Atena. Ao remover o selo, Saga chegou ao Templo de Poseidon, onde libertou o Espírito do Deus da nfora de Atena.
Informado do renascimento da Deusa, Poseidon voltou a dormir no corpo do pequeno Julian Solo, para no devido tempo despertar para lutar contra sua antiga inimiga. Kanon aproveita para se nomear General Dragão Marinho.

113. Flecha Dourada Ataca Poseidon
Seiya tenta atingir Poseidon com a Flecha de Sagitário. Como seus golpes, a Flecha volta e acerta o Pégaso. O Cavaleiro a retira e torna a atirá-la várias vezes. Shina, Shiryu, Hyoga e Shun se fazem de escudos vivos para Seiya tentar vencer o Imperador dos Oceanos. O esforço não foi em vão. A Flecha acerta o Elmo do Deus mitológico, deixando-o inconsciente por instantes. Sem perder tempo, os cinco seguem para o Pilar Principal. Em seguida, Poseidon desperta por completo.
Sorento chega com Kiki ao Pilar do Atlântico Norte. É dado para Kiki o Escudo de Libra para derrubar a última Coluna Marinha.
Junto ao Pilar de Sustentação, Hyoga recebe de Kamus a Armadura de Aquário para conter os ataques de Poseidon. E Shiryu veste a Armadura de Libra.

114. Viva a Amizade! Longa Vida Lenda dos Cavaleiros
Os três Cavaleiros vestindo as Armaduras Douradas usam seus golpes. O Meteoro de Pégaso, o Cólera do Dragão e a Execução Aurora juntos conseguem derrubar Poseidon. Shiryu toma nas mãos o Escudo de Libra mas não consegue nem arranhar o Suporte Principal. A história se repete com as demais armas.
Enquanto isso, a luta entre Ikki e Kanon é interrompida por Sorento. Furioso com o plano do Dragão Marinho, o General de Sirene queira matar o irmão de Saga. O Fênix, no entanto, pede para Kanon contar onde estava a nfora de Atena para poder trancar o Espírito de Poseidon. O problema é que o jarro estava dentro do Pilar Principal. O irmão de Shun segue para ajudar seus companheiros.
Seiya pede para Shiryu e Hyoga lançá-lo junto de seus golpes contra o Apoio Principal. Entretanto Poseidon volta a ficar em pé. Ikki o detém para que o Pilar fosse derrubado. O Pégaso é lançado com o Cólera do Dragão e o Trovão Aurora. O Apoio Principal se quebra. De dentro Seiya traz Saori. Os mares caem sobre o Reino submarino. Atena, então, ajudada pelos cosmos de seus fiéis guardiões tranca Poseidon na nfora. Tetis resgata Julian Solo. O Dragão Marinho desapareceu. E assim a Terra foi salva mais uma vez pelos Santos Cavaleiros de Atena. Mas será esse o fim? Por que os Cavaleiros de Ouro foram proibidos de deixar o Santuário? Haveria mais inimigos?

Quem sabe um dia saberemos...




Fontes

Mestre do santuário [eu + eu recomenda]
Cavaleiros do Zodíaco
Cosmo Mania
CDZ - Saint Seiya
Wikipédia



3 Comments:

Blogger FlávioBrilhanteGbi said...

[artigo]

A verdadeira história

Ares ao lado de Shion ao fundo (13 anos atrás)
Imagem 1

(Esqueça tudo que foi dito na antiga dublagem da Gota Mágica, esta é a verdadeira história)

Muitas pessoas estão em dúvida sobre uma questão realmente gritante a respeito de Saint Seiya: Quem realmente entregou a armadura para o Seiya, quem é Ares e qual sua relação com Shion?

Primeiramente uma parte dessa história foi explicado na versão original de Saint Seiya (com dublagem em Japonês, já que a dublagem da Gota Mágica praticamente não explicou essa história).

A história toda começa com Kanon e Saga há treze anos, como foi apresentado no fim da Saga de Poseidon. Podemos perceber que logo após Saga ter prendido Kanon no cabo Sunion demonstra um lado obscuro de tanto ouvir as palavras de Kanon dizendo que ele era malvado. Nesse momento o lado negro de Saga aparece, ele se converte na reencarnação do mal e arma planos para conquistar todo o santuário, desejo almejado por seu irmão Kanon. Saga mata o irmão mais novo de Shion, o Ares, e toma seu lugar (Detalhe: Ares era um Cavaleiro de Prata, cavaleiro de Altar). Sendo irmão do mestre, Ares tinha acesso a praticamente todos os lugares do santuário inclusive ao quarto de Atena, e Saga, convertido em Ares, vai até o quarto de Atena para matá-la. Quando está prestes a assassinar a criança, Aiolos, o cavaleiro de ouro de Sagitário aparece e salva Atena podendo ver então o rosto de "Ares". Saga não podia deixar Aiolos viver sendo que tinha descoberto o seu segredo portanto atacou Aiolos e o acusou de traidor denegrindo sua imagem perante todos do Santuário. Nisso passaram-se treze anos e Saga continuou usando a imagem de Ares. Nesse meio tempo o herói da trama, Seiya, conseguiu a tão almejada armadura de Pégaso, entregue pelo atual mestre na época, Shion (irmão de Ares que foi morto). O que explica diversos momentos em que Seiya diz "O Mestre que eu conheci não era assim e etc...". Porém pouco tempo depois, logo após o ataque de Ikki e os Cavaleiros negros, após a morte Antigo Mestre Shion, Saga dá inicio ao seu reinado no Santuário (se passando por ARES ainda), enviando Dócrates e os Cavaleiros de prata para recuperar a armadura de ouro.

ATENÇÃO: um dos detalhes mais importantes nisso tudo está na cor do elmo do Mestre Shion e do Ares. SHION usa o ELMO AMARELO e ARES (depois Saga é claro) usa o ELMO VERMELHO... Infelizmente a Gota Mágica foi a culpada de toda essa confusão. Vale a pena lembrar também, que é interessante dar uma lida no SIDE HISTORY e ver o RESUMO do DVD1 de HADES, pois eles explicam isso direitinho.

Bom, vamos continuar com as explicações. Antes de mais nada, quem já conhece a história do mangá esqueça ela. (Seria muito mais simples se a TOEI tivesse feito o anime igualzinho ao mangá mas nós sabemos que não é assim né???)

Outra coisa: quem já assistiu ao resumo do DVD1 de HADES já entendeu tudo. Aquela é a melhor fonte para entender esta dúvida que nos persegue a anos.

Outro detalhe é que SHION é provavelmente de uma raça diferente dos outros (em nenhum momento do anime explica isso porém tem algumas pitadas de mitologia ai), por isso ele viveria mais que todos.

Finalizando: quando a gente fala ARES não quer dizer que ele é um DEUS, é algo subentendido. Igual a AFRODITE, é subentendido. Isso é trivial para um bom entendimento. Outro detalhe é que os dois: SHION e ARES usavam a mesma roupa, o que diferenciava um do outro é a cor do ELMO. Isso não quer dizer que SAGA não tinha dupla personalidade, a boa e a ruim, mas nada tem a ver com ARES no caso (a dublagem antiga fez todo mundo entender que ARES seria um DEUS que se apossava de SAGA, disfarçado do mestre, mas não é a verdade). Tem que distinguir ARES personagem e ARES DEUS. Mais um ponto importante é que SAGA se fez passar por ARES e não por SHION. Quando ele se fez passar por ARES, SHION ainda não estava morto, por isso para todos os cavaleiros era como se os "irmãos" (o lance deles serem irmãos não fica claro mas pode-se dizer que são irmãos de criação) SHION e ARES estivessem vivos ainda. Tanto é que em um dos episódios que Shina e Marin comentam que o velho mestre morreu e quem assumiu foi seu irmão mais novo ARES (mas no caso ARES já estava morto e SAGA estava se passando por ele).

Outra dúvida seria quem estaria morto em STAR HILL e a resposta mais correta seria ARES (tanto é que foi surpresa para todos terem visto o corpo do ARES lá e quem se recorda ele não tem as marcas na testa). Agora a cronologia faz sentido, porque o corpo estava lá há 13 anos assim sendo não poderia ser o corpo do SHION (já que o SHION entregou a armadura para o SEIYA) e também o SHION já estava velho, e o corpo que vemos em STAR HILL é de um jovem.

Vale a pena lembrar que é a versão que está sendo utilizada pela Álamo nas dublagens. (Todos nós sabemos que é difícil até de aceitar algumas coisas mas infelizmente ou felizmente os dados comprovam a veracidade da história. O problema é que fomos enganados pela antiga dublagem e o mangá explica de outra forma então precisamos esquecer tudo isso antes de entender a história do anime). Fiquem tranquilos pois a nova versão dublada está ficando muito boa e tudo isso está sendo explicado de forma clara, convincente e na cronologia correta. Ah, e a saga de HADES em anime não tem ligação com a antiga série do ANIME. Ela foi totalmente baseada no mangá, portanto não usem nada do anime de HADES como referência.

Pronto, a dúvida foi tirada. Espero que todos tenham entendido!

A raçã de SHION/MÚ/KIKI

Há 13 anos atrás, Saga aprisiona Kanon no Cabo Sunion, por conta de sua ambição de dominar o mundo. Saga não percebe, mas Kanon acaba por semear a semente do mal dentro dele.

Atena nasce. O Mestre da Época é Shion (elmo dourado), e seu irmão (assistente, sub-mestre, de elmo vermelho e Cavaleiro de Prata de Altar) Ares, o auxilia.

Saga dominado pela maldade vai até o quarto de Ares e o mata. A partir desse momento, Saga passa a ter 2 personalidades, a de Saga, seu lado bom, e a do recém morto Ares, seu lado maligno (casos de 2 personalidades são comuns na psiquiatria). Assim sendo, Saga agora se faz passar por Ares.

Saga, investido de seu "disfarce" tenta matar Atena... Não obtendo êxito denuncia Aiolos como traidor.

13 anos se passam, e Seiya recebe sua armadura de Bronze de Pégaso, conquistada perante a vitória sobre Cássius, das mãos do Mestre bom, Shion.

Porém, logo que Seiya parte do Santuário, Shion morre. Como este não indicou nenhum Cavaleiro de Ouro para substituí-lo antes de morrer, Ares, irmão-assistente, assumiu automaticamente seu lugar.

Assim, Saga possuído pelo seu lado mal e pela ambição torna-se o novo mestre do Santuário.

Shion, Mú, Kiki e possivelmente Ares, pertencem a uma raça que descende do povo que morava no continente Lemúria, um lugar mitológico.

Os alquimistas que criaram as armaduras para a Atena, pertenciam a este continente, quem em algum ponto no passado foi engolido pelos mares... Assim poucos sobreviveram e passaram os conhecimentos de alquimia para seus descendentes... Por isso, os únicos mestre-armeiros da atualidade são os remanescentes desta raça, que obtiveram o conhecimento através dos tempos.

No Anime, não explica o porquê de Shion viver tanto tempo... Porém sabemos que ele já estava velho e enfermo quando Atena nasceu...

Uma pergunta que não cala: E Ares? Se este é seu irmão, ele naturalmente deve ser muito velho também!

Bem, não fica muito claro a relação de parentesco de Ares e Shion... talvez Ares fosse realmente irmão de Shion, e assim como ele muito velho. Talvez apenas um assistente fiel, um irmão de criação, ou apenas alguém da mesma raça e com forte laços com Shion.

Outra coisa é que o corpo que Marin vê em Star Hill pertence à Ares, e não à Shion... Note os cabelos azuis (Shion tem cabelos amarelos e morreu na atualidade, enquanto Ares morreu a 13 anos atrás, o que condiz com a história relatada por Marin.)

Para maiores explicações, leiam a História Lateral 2 (Side History 2) e o Hypermito.

O que certamente gerou toda essa confusão foi o fato da dublagem sair muito defeituosa pela Gota Mágica, e pela confusão que os próprios produtores arrumaram quando produziram o anime, criando uma história muito complexa, diferente do mangá.

Mestre Shion quando entregou a armadura de Pégasus a Seiya
Imagem 2

Saga, tomado pelo seu lado mau e disfarçado de Ares, ao tentar matar Athena
Imagem 3

Saga assasinando Ares a 13 anos atrás
Imagem 4


Referências:

- As imagens 1 e 2 foram retiradas da revista Jump Gold, que publicou a Historia Lateral 2, que veio para explicar a historia acerca do mestre.

- As imagens 3 e 4 foram retiradas do próprio anime.

Não se trata de um fanfic, e sim da explicação oficial desta complicada história. Para se interar do assunto, leia a Historia Lateral 2 (Side History 2) e o Hypermito (ambos textos oficiais).


Fonte

Mestre do Santuário [Eu + Eu recomenda]

5:56 AM

 
Anonymous Anna Hime Sama said...

Olá!!!
Tudo bem?
Espero que sim ^-^
Eu estou passando nos blogs das pessoas e convidando os que eu acho kawaii
e o seu é lindo, para participar do concurso que estou organizando chama-se Hime Sama
o endereço é este: www.hime-sama.cjb.net.
Por favor compareça pelo menos para dar uma olhadinha se gostar participe ;)

E deu mó trabalho pra achar o link de comentário rsrs

Um grande Abraço

6:07 PM

 
Anonymous Anonymous said...

Heelys Shoes
Heelys
skate shoes
heelies
heelys skate shoes
heelys shoes
heely shoes
buy skate shoes
roller skate shoes
discount skate shoes
lava lamps
lava lamps
lava lamp
lamp lava mini red
floor lava lamp
lava lamp store
cloudy lava lamp
lamp large lava

11:56 PM

 

Post a Comment

<< Home

 
Acesse também os blogs Jovens Direitos , CDF's e Diário Deixe de ser preguiçoso e assine no meu livro de visitas!